Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019
Acidentes
13/07/2018 18:16:00
Casal desembarca em Campo Grande e morre horas depois em acidente
Dois carros colidiram na tarde de hoje, na BR-060

CE/PCS

Imprimir
Foto: Gerson Oliveira / Correio do Estado

Colisão frontal entre dois carros de passeio deixou duas pessoas mortas e duas feridas, entre elas uma criança de 5 anos, na tarde de hoje, na BR-060, entre Campo Grande e Sidrolândia.

Mery Ângela, 43 anos, e Henrique Brandão, 40, são naturais do Espírito Santo (ES) e desembarcaram no Aeroporto Internacional de Campo Grande por volta das 9h e foram vítimas do acidente poucas horas depois, no início da tarde.

Mery, Henrique e a criança estavam em um Renault Sandero e seguiam sentido Campo Grande a Sidrolândia, quando bateu de frente com um Honda Fit, conduzido pela médica Melina Silveira, 33 anos, que seguia no sentido contrário.

Após a batida, o Sandero foi parar em meio a vegetação, às margens da rodovia. O motorista estava com cinto de segurança, mas o impacto foi tão grande que, mesmo com o equipamento, ele não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. Já a mulher, estava sem o cinto e também foi a óbito no local. O veículo tinha cadeirinha para a criança, mas ela foi encontrada no assoalho, na parte da frente, do lado do passageiro.

De acordo com o tenente Henrique Falcão, do Corpo dos Bombeiros, testemunhas disseram que o acidente foi causado por conta de uma tentativa de ultrapassagem.

A criança foi socorrida em estado grave e encaminhada para a Santa Casa de Campo Grande. A médica estava sozinha no Honda Fit e também foi encaminhada para a Santa Casa, com ferimentos considerados leves.

Mãe da médica, Adenise Silveia, informou que a filha realiza atendimentos em Sidrolândia e todas as sextas-feiras ela costuma sair mais cedo e vem para Campo Grande, para atender em outra clínica.

Documentos encontrados no carro do casal mostram que eles são do Espírito Santo e desembarcaram em Campo Grande às 9h. As passagens encontradas apontam que o voo veio de São Paulo.

Além do Corpo de Bombeiros, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Polícia Rodoviária Federal (PRF) também compareceram ao local. O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil de Sidrolândia.

Foto: Gerson Oliveira / Correio do Estado
COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias