Terça-Feira, 16 de Julho de 2024
Alcinópolis
25/02/2014 09:00:00
Escola Municipal realiza aula inaugural do EJA em Alcinópolis
Esta é a 1ª fase do programa, que contempla o 1º, 2º e 3º ano e acontecerá de segunda a sexta-feira, com quatro aulas diárias.

Da assessoria/LD

Imprimir
Foto: Divulgação
A noite desta segunda-feira (24) foi muito especial para aproximadamente 20 pessoas que agora fazem parte da modalidade de Educação para Jovens e Adultos (EJA) e ontem participaram da aula inaugural na Escola Municipal Alcino Carneiro (EMAC), em Alcinópolis – MS. Esta é a 1ª fase do programa, que contempla o 1º, 2º e 3º ano e acontecerá de segunda a sexta-feira, com quatro aulas diárias. Com o EJA, a Prefeitura de Alcinópolis, através da Secretaria Municipal de Educação, pretende oferecer condições de progressão dos estudos aos alunos concluintes do Programa Brasil Alfabetizado e a outros que não tiveram oportunidade de estudar na idade certa, e assim, diminuir o índice de analfabetismo e garantir melhor qualidade de vida à população. nbsp; Para que está oportunidade acontecesse, ainda no ano de 2013 a Escola, juntamente com a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto e a Supervisora de Gestão Escolar/SED/MS, Cleusa Vanzella de Castro, autuou o processo de Autorização de Curso da Educação de Jovens e Adultos e o Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso do Sul concedeu a autorização de funcionamento por cinco anos. nbsp; Além de marcar uma nova fase de aprendizado para os alunos, o fato foi um marco também na história da rede municipal de ensino. “Hoje é apenas o começo de uma histórias cheia de conquistas e nós estaremos sempre prontos para estender as mãos quando vocês precisarem”, disse o secretário municipal de Educação, Jesus Aparecido de Lima. nbsp; nbsp; nbsp; Participaram também da aula inaugural o chefe de gabinete, Luziano Furtado, no ato representando o prefeito Ildomar Carneiro Fernandes, a professora Lílian Flávia Müller, representando os profissionais de Educação, o diretor da Escola Municipal, João Silva, as coordenadoras da Unidade Escolar, professoras Maria Cristina e Francisca Feitosa, além dos professores que serão regentes da turma:nbsp;Weverton Carneiro de Carvalho, Clélia Maria Sousa e Rosemar Dias. Ambos estarão àdisposição dos alunos. nbsp; Matrículas abertas Caso haja candidatos interessados em cursar ou dúvidas a serem esclarecidas, entre em contato com a Unidade Escolar pelo telefone: (67) 32601186. nbsp; Sobre o EJA A busca pela ampliação do atendimento à escolarização da população jovem, adulta e idosa pela rede municipalse vincula às conquistas legais referendadas pela Constituição Federal de 1988, na qual a Educação de Jovens e Adultos passou a ser reconhecida como modalidade específica da educação básica, no conjunto das políticas educacionais brasileiras, estabelecendo-se o direito à educação gratuita para todos os indivíduos, inclusive aos que a ela não tiveram acesso na denominada idade própria. nbsp; A origem da EJA, de forma institucionalizada no Brasil, começou com os jesuítas, os quais, na preocupação de difundir o evangelho, ensinavam alguns ofícios necessários ao funcionamento da economia do período colonial. Após o enfraquecimento da Companhia Jesuítica, a EJA volta a ser reavivada apenas no período do Império, quando começaram a ocorrer novos incentivos educacionais, os quais preconizavam a necessidade do ensino noturno para adultos analfabetos. Todavia, a EJA permaneceu por muito tempo fragilizada, por não ser responsável pela produtividade do país, o que acabava por acarretar descaso por parte de dirigentes governamentais até que, com o desenvolvimento industrial, no início do século XX, inicia-se um processo lento, mas crescente, de valorização da educação de adultos, quando a oferta do ensino público primário, gratuita e obrigatória torna-se direito a todos. nbsp; A importância de que todos tenham acesso à educação formal, mesmo que tardiamente, é uma preocupação da Secretaria Municipal de Educação de Alcinópolis – SEMED/MS, e para isso é importante refletir as necessidades instrutivas para uma nação como o Brasil, Mato Grosso do Sul ou mesmo no âmbito Municipal, ambos com uma diversidade étnico-cultural e socioeconômica tão abrangente, revelando-nos a complexidade das conjunturas educacionais envolvidas nesse processo. nbsp; De acordo com o apresentado pelo Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil (2013) com dados extraídos do Censo Demográfico de 2010, a taxa do analfabetismo no Brasil e em nosso município, está representada pelo seguinte quadro situacional: Taxa de analfabetismo 11 a 14 anos 2010, Brasil 3.24, Alcinópolis 0.90 Taxa de analfabetismo 15 anos ou mais 2010, Brasil 9.61, Alcinópolis 11.04 Taxa de analfabetismo 15 a 17 anos 2010, Brasil 2.20, Alcinópolis 2.23 Taxa de analfabetismo 18 anos ou mais 2010, Brasil 10.19, Alcinópolis 11.78 Taxa de analfabetismo 18 a 24 anos 2010, Brasil 2.61, Alcinópolis 0.87 Taxa de analfabetismo 25 anos ou mais 2010, Brasil 11.82, Alcinópolis 14.15 Taxa de analfabetismo 25 a 29 anos 2010, Brasil 3.96Fonte: http://atlasbrasil.org.br/2013/consulta
COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias