Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017
Brasil
06/10/2017 17:34:00
Após decisão em MS, Justiça bloqueia mais R$ 1,6 bilhão de donos da JBS
Ontem, TJ atendeu pedido da CPI da Assembleia e determinou restrição das contas no valor de R$ 115 milhões

CGNews/PCS

Imprimir
Parte da fachada de uma das unidades da JBS, em Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Um dia após o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul bloquear R$ 115 milhões da JBS, a Justiça Federal de Brasília bloqueou bens dos empresários Joesley e Wesley Batista, irmãos donos da empresa.

Na decisão nacional, a determinação foi bloqueio de R$ 1,6 bilhão para ressarcimento ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico), que detém participação no regime societário de algumas empresas do grupo. As informações são da Agência Brasil.

A decisão foi aplicada pela Operação Bullish, na qual são investigados desvios no BNDES em favor da JBS. No mês passado, os irmãos Batista foram presos por crime financeiro. Eles são acusados de se aproveitarem da informação de que a delação de Joesley impactaria o mercado financeiro, com a desvalorização das ações da empresa.

Já o bloqueio de R$ 115 milhões foi determinado no âmbito da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Assembleia Legislativa de MS, que investiga os incentivos fiscais concedidos pelo governo estadual a empresas.

O foco inicial da investigação é a JBS e a conclusão do grupo, até agora, é que a JBS não devolveu ao Estado o que se comprometeu em contrapartida ao benefício recebido.

Em ambos os bloqueios, a empresa afirma que vai recorrer das decisões.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias