Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018
Brasil
29/09/2018 07:37:00
Mulheres farão atos neste sábado contra Bolsonaro
No Facebook, o protesto em São Paulo reunia 80 mil internautas até a noite de ontem (28)

Folha/PCS

Imprimir

Após repercutir em redes sociais, a campanha #EleNão, movimento de mulheres contra Jair Bolsonaro (PSL), prevê atos públicos pelo país neste sábado (29).

Em São Paulo, a concentração será no largo da Batata, na zona oeste, a partir das 15h. No Rio de Janeiro, a movimentação será na Cinelândia a partir das 15h; em Belo Horizonte, sairá da praça Sete de Setembro às 12h.

Um evento no Facebook criado pelo coletivo Juntas organiza atos em 30 cidades pelo país. Na rede social, o maior, em São Paulo, tinha 80 mil internautas confirmados e 233 mil interessados.

O mesmo coletivo também organiza, simultaneamente, marchas em pelo menos 18 países. Há eventos programados em Berlim, Buenos Aires, Paris, Londres, Lisboa, Nova York e Washington.

Na esteira da manifestação de mulheres, outros grupos organizam, também em redes sociais, atos contra o presidenciável do PSL.

Um evento no Facebook, por exemplo, chama educadores para ato na capital paulista contra o candidato –no mesmo local e horário da manifestação de mulheres.

A campanha com a hashtag #EleNão começou na última semana e chegou a celebridades como Daniela Mercury, Anitta e Letícia Sabatella.

Em resposta, internautas pró-Bolsonaro, que criaram a hashtag #EleSim, se organizam para responder comentários em redes sociais com mensagens favoráveis ao presidenciável do PSL.

Adeptos de Bolsonaro também anunciam, em redes sociais, atos a favor do candidato neste domingo (30).

Em São Paulo, um vídeo divulgado no YouTube diz que a manifestação ocorrerá na avenida Paulista, em frente ao Masp, a partir das 14h. Com informações da Folhapress.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias