Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Cidades
26/06/2018 09:37:00
Coxim inicia revitalização da praça do Pé-de-Cedro e retirada de árvores causa polêmica

Sheila Forato

Imprimir

Nesta segunda-feira (25), a prefeitura de Coxim, por meio da empresa contratada, deu início a tão sonhada revitalização da praça onde Zacarias Mourão plantou o Pé-de-Cedro.

Foto: PC de Souza

Como em toda obra, a primeira etapa foi a limpeza do terreno. O problema é que a preparação do terreno resultou na retirada de 29 árvores e a reação dos integrantes da cultura coxinense foi imediata.

Nas redes sociais, principalmente o Facebook, não é difícil de encontrar postagens nesse sentido. O jornalista Adelino Alexandre Lopes, integrante da Academia de Letras de Coxim, foi um dos primeiros a se manifestar sobre o que chamou de ataque ao patrimônio cultural.

Foto: PC de Souza

Já o ex-presidente da Funrondon (Fundação de Cultura, Esporte e Lazer Professora Clarice Rondon), Paulo Carvalho, pediu explicações sobre a retirada de árvores, também no Facebook.

Segundo a comunicação da prefeitura, das 29 árvores removidas, apenas duas são Cedros. Entretanto, a prefeitura explica que o Pé-de-Cedro, além de quatro árvores, plantadas de suas sementes, foram mantidas.

Para compensar as árvores retiradas da praça, o município vai plantar 100 árvores em outros espaços públicos, a serem escolhidos. A revitalização da praça também conta com projeto de paisagismo.

Foto: PC de Souza

Não é a primeira polêmica envolvendo a Praça do Pé-de-Cedro, cujo espaço é reconhecido historicamente há 300 anos, conforme a produtora cultural Gleycielli Nonato. Por telefone, ela citou uma bica que existe no local, onde as mulheres lavavam roupas, há três séculos.

Nas últimas duas décadas essa é, pelo menos, a terceira polêmica envolvendo a praça e o Pé-de-Cedro. A primeira foi quando uma parte da praça foi doada.

Já a segunda foi quando a árvore que dá nome a praça teve de ser cortada. Condenado, parte do Pé-de-Cedro foi cortado em pequenos pedaços, levados para o Parque Temático do Pantanal.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias