Domingo, 27 de Maio de 2018
Cidades
08/05/2018 12:21:00
Obras da Euler de Azevedo viram motivo de piada nas redes sociais
Os internautas não perdoaram as muretas tortas da avenida

Midiamax/PCS

Imprimir
Motociclista foi flagrado atravessando avenida em espaço destinado aos pedestres (Foto: Henrique Kawaminami)

As ‘muretas’ que foram implantadas no meio da Avenida Euler de Azevedo foram alvo de piadas nas redes sociais em Campo Grande. Comerciantes na região também reclamam sobre falta de sinalização e de visibilidade nas travessias.

Foto compartilhada por uma das páginas de humor no Facebook fez comparação da via com atrações turísticas pelo mundo, como a Torre de Pisa, na Itália, e a Torre de Suurhusen, na Alemanha, monumentos inclinados, fazendo comparação com as muretas na avenida que parecem ter sido projetadas tortas.

Um dos internautas afirma: “Não dá para acreditar numa obra dessa, que coisa mais ridícula, dinheiro público jogado no lixo”. Outro já critica a falta de visibilidade que a mureta causa aos motoristas: “Ficou péssimo pra (sic) quem quer atravessar não tem visão nenhuma de quem vem no sentido centro/José Abrão”

No Facebook, a publicação da página ‘Campo Grande Mil Grau’ com o título “Campo Grande Representa o Brasil”, referenciando as atrações turísticas italiana e alemã, conta com quase 600 curtidas e 648 compartilhamentos.

A reportagem do Jornal Midiamax foi até o comércio ao longo da avenida e conversou com dois comerciantes. Um deles, de 53 anos, afirma que falta sinalização e que muretas foi um total equivoco das obras. “Os pedestres sofrem para atravessar e não tem retorno para os motoristas”, disse homem que preferiu não se identificar.

Outro comerciante, de 39 anos, disse que falta sinalização e que devido a boas condições da pista e perigos da mureta, acidentes podem ocorrer com frequência.

Reportagem também flagrou momento em que um motociclista atravessava a pista sob faixa de pedestre, entre espaço entre as muretas destinado os moradores.

“População ainda não se acostumou”

Durante agenda nesta segunda-feira (7), o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que os condutores ainda não assimilaram as mudanças no tráfego com as obras de duplicação da avenida Euler de Azevedo, corredor noroeste de Campo Grande. “Você não pode numa pista de mão dupla atravessar de um lado para o outro”, disse.

Reinaldo acredita, ainda, que o impasse criado em torno da questão deve ser superado e a sinalização, que começará a ser instalada ainda nesta semana, deve garantir maior segurança e diminuir o número de acidentes no trecho.

A reportagem procurou a assessoria de imprensa da Seinfra para comentar muretas tortas e foi informada que: “As muretas não são defeito da obra, pelo contrário foram previstas e realizadas de acordo com o projeto executivo”.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias