Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Cidades
12/04/2018 12:12:00
Paciente toma soro no chão em UPA da Capital

O Jacaré/PCS

Imprimir
Homem deitado no chão é medicado e toma soro na UPA do Coronel Antonino (Foto: O Jacaré)

Em meio a indignação do campo-grandense com a corrupção, os escândalos envolvendo políticos e o gasto com altos salários, uma cena chocou os usuários e funcionários da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Coronel Antonino, na saída para Cuiabá. O paciente tomou soro no chão da unidade de saúde

A imagem é chocante porque mostra o desprezo com a população, que é convocada diariamente para pagar em dia os seus impostos e bancar empresas suspeitas com contribuições sem ter o retorno, como pagar taxa de iluminação mesmo residindo em ruas escuras.

Além disso é obrigado a pagar a tarifa mínima de água, para garantir os lucros da Águas Guariroba, mesmo se esforçando para reduzir o consumo e gastar menos do que 10 metros cúbicos.

Na manhã de hoje, o paciente ficou deitado no chão, onde foi medicado e tomou soro na UPA do Coronel Antonino.

Por meio da assessoria de imprensa, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) confirmou a ocorrência, mas minimizou o problema. “O paciente em questão estava recebendo a medicação intravenosa em uma poltrona de hidratação, momento em que teria se levantado abruptamente. Em seguida, teve um mal súbito e caiu ao chão”, conta.

“O paciente permaneceu deitado até que o enfermeiro fosse comunicado do fato e reconduzido até a poltrona de hidratação, onde continuou o atendimento”, esclareceu.

Para ressaltar que se trata de um fato isolado, a secretaria informou que nem todos os 10 leitos, sendo cinco masculinos e cinco femininos destinados a internação, estavam ocupados nesta quarta-feira. “Neste momento a capacidade de permanência de pacientes não está esgotada”, frisou.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias