Quinta-Feira, 20 de Junho de 2024
Ciência e Saúde
20/02/2024 15:31:00
Defesas Civis de MG, MS, PR e SP realizam ações conjuntas de combate à dengue
Órgãos deram início, na manhã desta terça-feira (20), a Operação Integrada Interestadual e promovem ações em municípios que fazem divisa entre os estados

ABr/PCS

Imprimir

As Coordenadorias Estaduais de Proteção e Defesa Civil dos estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo realizam na manhã desta terça-feira (20) ações conjuntas de prevenção à dengue e combate ao mosquito Aedes aegypti.

O “Dia D Todos Contra a Dengue”, ocorrerá nos municípios que fazem limite geográfico entre estes estados, e marca o início de ações que serão desenvolvidas ao longo de toda a semana.

Segundo a Defesa Civil de São Paulo, as ações com os outros estados tem o objetivo de unir esforços para impedir o avanço da doença devido ao aumento nos casos, ainda que estejam sendo realizadas ações de combate à dengue em seus territórios, no entanto, as cidades fronteiriças precisam de ações integradas, principalmente com medidas de prevenção e orientação à população.

A ação integrada marca também o compromisso de ação conjunta e preocupação compartilhada para frear a doença. “Este é o momento de unirmos esforços para apoiar as Secretarias de Saúde no combate à dengue e mostrarmos a força e capacidade técnica e operativa das Defesa Civis”, destacou o Coronel Fernando, Coordenador da Defesa Civil do Estado do Paraná.

Em Minas, a operação ocorrerá em todo o estado, através da atuação regionalizada dos agentes. “Investir na autoproteção e na formação de uma cultura de resiliência é o melhor caminho para a defesa da vida e para cumprir a missão da defesa civil de proteger as pessoas. Nosso objetivo em unir esforços quer impedir o avanço das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti." ressaltou o Coronel Frederico, Coordenador de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais.

Além da intensificação das ações operacionais, como vistorias em residências e espaços públicos e nebulização nos bairros, os agentes do Sistema de Proteção e Defesa Civil, juntamente com secretarias da saúde e órgãos competentes realizam, simultaneamente, desde às 8h, ações como mutirões de limpeza, eliminação de criadouros, campanha conscientização, nebulização/fumacê, conscientização escolas e órgão públicos estaduais, aplicação larvicida nas galerias fluviais, decretos de situação de emergência para obtenção recursos federais, quando cabível, trabalho junto a Igrejas, templos e outras associações, levantamento de dados para relatórios de acompanhamento, situação atual e pós-ações.

“É um momento muito importante de unirmos forças para combater o Aedes aegypti. Os casos da doença aumentam a cada dia, em várias regiões do país, e isso nos mostra que o mosquito não respeita os limites das fronteiras, por isso, precisamos integrar nossas ações com os demais estados para que juntos possamos conscientizar o maior número de pessoas. Essa luta contra a dengue é de todos nós”, ressaltou o Coronel Henguel Ricardo Pereira, Coordenador de Proteção e Defesa Civil de São Paulo.

No Mato Grosso do Sul as ações foram definidas em conjunto com os municípios das divisas e terão como foco principal a orientação à população, sendo que serão instaladas duas bases avançadas para o desenvolvimento da operação, uma na região leste do Estado, na cidade de Três Lagoas, divisa com São Paulo e uma na região sul-fronteira, na cidade de Mundo Novo, divisa com o Paraná, de onde equipes deslocadas farão a coordenação e atuarão simultaneamente com os demais municípios.

"Precisamos atuar de forma conjunta, integrada e cooperativa, para que alcancemos êxito nesta missão, juntos somos mais fortes", finalizou o Coronel Hugo Djan Leite, coordenador de Defesa Civil do Estado de Mato Grosso do Sul.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias