Sexta-Feira, 19 de Outubro de 2018
Ciência e Saúde
06/08/2018 11:39:00
Descubra 3 alimentos de agosto para se alimentar melhor e com economia
Alimentos da época são sempre mais baratos

NM/PCS

Imprimir

Atualmente, devido à correria do dia a dia, fica cada vez mais difícil fazer uma alimentação de qualidade. Quando falamos de qualidade, não é apenas ingerir alimentos verdes, mas diversos outros tão importantes que são fontes de vitaminas e proteínas. Acompanhar mensalmente os alimentos que estão na safra sempre garante boas compras e preço justo.

No mês de agosto, por exemplo, é o auge da produção da abobrinha, do pimentão e do morango, três alimentos versáteis e que rendem receitas saborosas. Para aproveitar estas delicias, a Pilar, marca de massas e biscoitos da M. Dias Branco, dá dicas conscientes para o seu dia a dia:

Consumo da abobrinha: selecione as firmes, sem machucados e com cor escura uniforme. Se comprar uma quantidade que não vá consumir na hora, você pode congelar. Basta passar em água morna, esfregando com cuidado e colocar em um recipiente adequado para o freezer. Todas as partes podem ser utilizadas em receitas, seja a casca, poupa, sementes e flores.

Consumo do pimentão: escolha os de pele lisa e cor viva, com talo verde bem firme. Guarde na geladeira para evitar formar mofo e não precisa lavar, mas atente-se ao prazo de até 3 dias. Com sabor levemente picante, pode ser consumido de diferentes maneiras, desde crus em saladas, como também assados, refogados e como ingrediente de várias receitas.

Consumo do morango: o ideal é selecionar os morangos que têm a cor vermelha bem acentuada, com o perfume agradável (sim, o aroma conta muito!), pois é um sinal de que a fruta está suculenta. As folhinhas devem estar no lugar, porque elas ajudam a preservar a qualidade da fruta. Remova os morangos mofados rapidamente da caixa e não lave as frutas se for guardar na geladeira, já que elas absorvem facilmente umidade, fazendo com que estrague mais rápido. Se congelar, também retire esta umidade para evitar formar muito gelo.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias