Quarta-Feira, 12 de Agosto de 2020
Ciência e Saúde
06/07/2020 10:32:00
Em 30 dias, Coronavírus aumentou quase 1000% em Coxim

Sheila Forato

Imprimir

A Prefeitura colocou no ar uma página com informações sobre Coronavírus (Covid-19) em Coxim. Nela é possível acompanhar a evolução da doença na principal cidade da região norte de Mato Grosso do Sul. Se analisarmos os últimos 30 dias, por exemplo, chegamos a conclusão que o Coronavírus aumentou quase 1000% em Coxim.

Clique aqui para acessar a página do Covid-19 em Coxim

No dia 06 de junho o município contava com três casos, hoje são 32, conforme o último boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura. Esse crescimento assusta a população, porém, já era esperado pelas autoridades que acompanham a interiorização da doença no país.

Dos 32 casos confirmados 18 estão em tratamento, cinco internados em Campo Grande, cinco em Coxim e oito em suas respectivas residências. Outros 13 já são considerados curados e puderam retomar o convívio social. O caso que falta para fechar a conta é do idoso de 67 anos que não resistiu à doença e acabou falecendo na semana passada.

Em lives no Facebook, nos últimos 15 dias, o prefeito de Coxim, Aluizio São José (PSB), e o secretário de Saúde, Franciel Oliveira, apontaram alguns fatores que podem ser responsáveis pelos surtos no município. Dentre eles a visita que um idoso recebeu de um irmão infectado, que acabou contagiando quatro pessoas da família.

Outra situação foi de um homem que precisou vir a Coxim para cuidar da mãe e também foi diagnosticado com Coronavírus. Em seguida, confirmou-se a doença no proprietário de um mercado, que também teve pessoas próximas contagiadas. Por fim, testou positivo um homem que recebeu pessoas de outras cidades para um casamento em Coxim.

O secretário explica que devido essas situações o número de pessoas monitoradas e, consequentemente, suspeitas deu um salto grande. O boletim mais atual trouxe 39 pessoas na condição de suspeitas. São pessoas que estavam sendo monitoradas, apresentaram sintomas, foram submetidas a exames e aguardam resultados.

“Por enquanto nossa equipe está conseguindo colocar essas pessoas, contatos dos confirmados, numa bolha para monitoramento diário. Precisamos que essas pessoas tenham comprometimento com a saúde pública e cumpra as orientações, principalmente quanto ao isolamento domiciliar aliado aos cuidados para evitar contágio”, explicou Franciel.

Para a população de um modo geral o secretário pede a higienização das mãos, várias vezes ao dia, seja com água se sabão ou álcool em gel, o uso de máscaras e que evite o contato físico, o aperto de mão, o abraço e, até mesmo, o gesto de carinho. “Amor, neste momento, a gente demonstra mantendo o distanciamento social”, finalizou Franciel.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias