Quarta-Feira, 29 de Maio de 2024
Ciência e Saúde
17/04/2024 13:09:00
MS já teve 14 mortes por dengue este ano, mostra boletim

CGN/LD

Imprimir

Já são 14 as pessoas que morreram devido às complicações da dengue em Mato Grosso do Sul, segundo mostra o boletim da SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgado hoje (17).

A mesma quantidade de óbitos tem a suspeita de ter a dengue como causa, mas falta a confirmação de exames laboratoriais.

As duas vítimas confirmadas mais recentemente são mulheres. Uma tinha 91 anos e morava em Amambai e a outra tinha 74 anos e era de Ponta Porã.

Do total de mortes computadas de 1º de janeiro até 13 de abril deste ano, a maioria é de homens e de pessoas idosas. No entanto, bebês de 1 ano e de apenas três meses estão entre as vítimas também.

Fronteira - As cidades que fazem fronteira com o Paraguai ou estão próximas a ela concentram a maior quantidade de óbitos e têm a maior incidência de casos suspeitos a cada 100 mil habitantes.

Coronel Sapucaia, Juti, Chapadão do Sul, Aral Moreira e Costa Rica são as cinco cidades com incidência mais elevada. Ao todo, 40 municípios de Mato Grosso do Sul estão em alerta quanto a isso atualmente, ainda segundo o boletim.

Chikungunya - Essa outra doença não causou nenhuma morte no Estado este ano, porém, a quantidade de casos suspeitos já é a maior dos últimos 10 anos.

Foram relatados no boletim 4.093 casos prováveis, enquanto no ano passado estiveram sob investigação 3.475. Em anos anteriores, a quantidade não chegou aos 700 por ano.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias