Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018
Ciência e Saúde
06/07/2018 17:44:00
Por que o chocolate dá sensação de satisfação e prazer?
Substância do cérebro é a principal responsável por este fenômeno

NM/PCS

Imprimir
Foto: Reprodução

O chocolate, um dos doces mais consumidos em todo o mundo, não tem só o sabor como característica determinante para o seu “sucesso”. Ao ser consumido, entre outras coisas, aumenta a produção de serotonina, uma substância do cérebro ligada à sensação de prazer e, com isso, alivia a depressão e a ansiedade. Além de elevar os níveis de serotonina, as calorias elevam os teores de endorfinas, o que explica a tal sensação de prazer citada apaixonados por chocolate.

O chocolate também contém elevado nível de estearatos da manteiga de cacau, um ingrediente essencial responsável pela forma como se derrete e pela sua estabilidade. Como consequência, permanece sólida à temperatura ambiente, mas, quando consumida, o seu conteúdo em gordura absorve o calor da boca e derrete à temperatura corporal, produzindo o efeito 'derrete-se na boca' que também gera uma sensação de prazer – explica a nutricionista do Hospital Rios D’Or, Jéssica Paz.

Além da satisfação e prazer, o doce pode trazer benefícios à saúde. Os chocolates negro e meio amargo são as melhores opções, pois apresentam concentrações de cacau acima de 75% e quanto maior for essa concentração maior será a quantidade de antioxidantes flavonoides, que tem ações anti-inflamatórias, propriedades desintoxicantes e combatem os radicais livres.

  • O melhor chocolate para ser consumido é o negro (acima de 75%), desse chocolate pode ser consumido 2 a 3 quadradinhos por dia, cerca de 30 gramas. Já o consumo do chocolate ao leite, que tem menor teor de massa de cacau, é composto por leite, leite em pó ou leite condensado e açúcar deve ser feito com moderação, no máximo 2 a 4 bombons por semana. Isso porque o consumo em excesso está diretamente ligado a obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares – destaca a especialista.
COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias