Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018
Comportamento
04/03/2018 10:58:00
Dorme mal? Veja maneiras de ter uma boa noite de sono, segundo a ciência

Viver Bem/PCS

Imprimir

Suas noites de sono andam um pesadelo? Você não está sozinho nessa. Segundo a Associação Brasileira do Sono, mais de 70 milhões de pessoas em nosso país têm dificuldade para dormir.

Fazer exercícios regularmente, controlar o estresse, não usar aparelhos eletrônicos duas horas antes de ir para a cama e evitar consumir cafeína após o início da tarde são alguns conselhos para uma boa noite de descanso. Já tentou isso e não funcionou? O site Prevention montou uma lista com quatro coisas que podem ajudar você a dormir melhor, todas comprovadas pela ciência.

Táticas para ter uma boa noite de sono

1 - Mantenha a porta (ou a janela) aberta

Dormir em um quarto bem ventilado melhora a qualidade do sono, descobriram pesquisadores da Universidade de Tecnologia de Eindhoven, na Holanda. Os cientistas acreditam que isso acontece porque no ambiente arejado há um nível menor de gás carbônico (CO2). Um outro estudo, realizado na Dinamarca, dá suporte para a conclusão. No trabalho científico, pessoas que dormiram em um cômodo com pouco CO2 demonstraram menos cansaço e maior nível de concentração no dia seguinte, em comparação as que passaram a noite em um quarto com maior nível do gás.

2 - Deixe o cachorro entrar no quarto

Sua mãe já disse que quarto não é lugar de cachorro? Ela pode estar enganada. Em um estudo realizado pela Clínica Mayo, conceituado centro de saúde dos EUA, indivíduos que dormiram com o pet mantiveram o sono em um nível "acima do satisfatório" em 83% do tempo que passaram na cama. "As pessoas se sentem mais confortáveis e seguras quando dormem com seu animal de estimação", afirmou Lois Krahn, autor do estudo. Só não vale deixar o cão subir na cama. Isso prejudicou a qualidade do sono dos participantes da pesquisa.

3 - Tenha uma boa razão para acordar

Pessoas com um propósito na vida são 63% menos suscetíveis a ter apneia do sono e possuem 52% menos risco de sofrer com a síndrome das pernas inquietas --dois fatores que causam insônia. Isso é o que descobriu um trabalho científico realizado com 800 pessoas pela Northwestern University Feinberg, em Chicago (EUA). Praticar exercícios logo cedo ou reunir a família para tomar café são táticas simples para fazer com que suas manhãs pareçam mais produtivas.

4 - Coma castanhas

Consumir alimentos fontes de magnésio e selênio contribui para que você tenha uma noite de sono mais reparadora, apontou uma pesquisa da Universidade Loma Linda, nos EUA. O estudo descobriu que ingerir esses nutrientes regularmente torna mais forte ondas cerebrais que estão associadas ao sono.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias