Quinta-Feira, 20 de Junho de 2024
Comportamento
26/07/2023 08:06:00
Mulher é presa por romper testículo do marido ao ver mensagens de ex em GO
O caso ocorreu na zona rural de Santo Antônio do Descoberto (GO), no sábado (22)

FP/PCS

Imprimir
Foto: © Shutterstock

Uma mulher foi presa em flagrante acusada de romper a bolsa escrotal e expor os testículos do marido após encontrar mensagens da ex-noiva dele no celular. O caso ocorreu na zona rural de Santo Antônio do Descoberto (GO), no sábado (22).

Após encontrar as mensagens, a mulher teria tentado sair de casa, o homem quis impedir e foi quando ela segurou a bolsa escrotal do companheiro, apertou e puxou até romper, deixando pelo menos um dos testículos exposto. As informações são das polícias Civil e Militar, que não divulgaram as identidades dos envolvidos.

Ainda segundo a polícia, a suspeita desferiu um golpe na cabeça do homem, o que provocou uma lesão. Antes da briga, os dois comemoravam o aniversário da mulher e consumiram bebidas alcoólicas.

Depois de romper o saco escrotal do marido, a mulher saiu de casa e foi se esconder na casa de uma amiga na cidade de Santo Antônio de Goiás. Posteriormente, a Polícia Militar foi até o local prendeu a suspeita.

O homem foi conduzido por familiares ao Hospital Municipal de Santo Antônio do Descoberto.

SUSPEITA ALEGA LEGÍTIMA DEFESA

A mulher prestou depoimento nesta segunda-feira (24) e foi liberada em seguida. Ela relatou que viu a mensagem no celular do companheiro, mas que teria guardado o aparelho.

Em seguida, o homem teria ido até sua direção para agredi-la e tomar o celular, momento em que ela diz ter atirado um copo contra ele. Segundo contou, os dois entraram em uma luta corporal, ele pegou uma faca na cozinha e tentou atacá-la. Para se defender, a suspeita alega que agarrou a parte íntima do marido e a segurou até romper.

O caso agora é investigado pela Polícia Civil. O delegado Adriano Jaime Carneiro disse que a acusada foi autuado por lesão corporal grave. A tese de legítima defesa será apurada. A depender da conclusão, as autoridades podem pedir o arquivamento do caso, se ficar provado que ela apenas se defendeu. No entanto, a mulher pode ser indiciada por lesão corporal grave, ou gravíssima, caso o homem fique infértil devido o rompimento do escroto.

"Ela alega que agiu em legítima defesa, pois seu marido teria pegado uma faca para agredi-la. As investigações seguem agora por meio de inquérito policial para verificar se realmente ela agiu em legítima defesa. Neste caso, iremos encaminhar o inquérito policial com sugestão de arquivamento ou mesmo indiciá-la por lesão corporal grave, ou mesmo gravíssima, se ficar comprovado que o marido ficou infértil", declarou o delegado.

Notícias relacionadas

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias