Segunda-Feira, 17 de Dezembro de 2018
Comportamento
09/08/2018 11:48:00
Suzane von Richthofen deixa prisão para 'saidinha' do Dia dos Pais
Condenada pelo assassinato dos pais em 2002, detenta saiu nesta quinta-feira (9) da P1 Feminina de Tremembé, no interior do Estado de São Paulo

R7/PCS

Imprimir
Suzane von Richthofen deixou Tremembé nesta quinta para 'saidinha'

A detenta Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão pelo assassinato dos pais, deixou a Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletir, a P1 Feminina do Tremembé, no interior de São Paulo, nesta quinta-feira (9) para a saída temporária do Dia dos Pais.

A 'saidinha', como é conhecida, é um benefício concedido aos presos que possuem bom comportamento, além de estarem em regime semiaberto. Suzane ganhou o direito, pela primeira vez, na Páscoa de 2016.

A detenta deve retornar ao presídio na próxima segunda-feira (13).

Regime Aberto

Suzane conseguiu passar do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015. Na ocasião, em dezembro, a juíza da Vara de Execuções Criminais de Taubaté, Sueli Zeraik Armani, negou o pedido de saída temporária de Natal, após parecer do Ministério Público ter apontado um endereço desconhecido do seu círculo de amizades.

Recentemente, Suzane tentou na Justiça passar para o regime aberto — quando deixa a prisão e é autorizada a cumprir o resto da pena em liberdade. No início do ano, um laudo criminológico encomendado pelo Ministério Público Estadual atestou que a detenta tem condições de responder a condenação em liberdade. No entanto, o pedido corre na Justiça e ainda não há uma resposta.

Condenação

Suzane foi condenada por matar os pais em 2002, ao lado dos irmãos Christian e Daniel Cravinhos, que estão no regime semiaberto desde 2013 e já usufruem do benefício de saídas temporárias de Dias das Mães, Dia dos Pais e Dia das Crianças, além das festas de fim de ano.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias