Quinta-Feira, 22 de Agosto de 2019
Coxim
31/01/2019 07:00:00
Alerta da Saúde sobre mosquito da dengue merece atenção da população

Da assessoria/LD

Imprimir
Foto: Divulgação

Levantamento do Centro de Controle de Vetores (CCV) de Coxim informa que grande parte dos bairros de Coxim estão com alto e médio índices de infestação de mosquito Aedes aegypti, transmissor de dengue, chikungunya, zica vírus e febre amarela.

O Índice de Infestação Predial por Localidade publicado esta semana (e pode ser acessado aqui) revela que 33 imóveis de 1.494 imóveis visitados pelos agentes de vigilância epidemiológica em 12 bairros, tinham larvas do mosquito.

A população deve atentar a caixas d’água suspensas, outros depósitos de armazenamento de água, como vasilhames de vidro, de plantas, tigelas de cães e gatos, pneus, latas) sucatas, entulhos, pequenos depósitos moveis, como carriolas, depósitos fixos, como calhas entupidas, ralos sem drenagem, e depósitos naturais como plantas que armazenam água naturalmente.

O secretário municipal de Saúde, Franciel Oliveira, esteve ontem reunido com o coordenador do CCV para definir estratégias de ações de conscientização da população.

"90% dos focos estão em residências e comércios. Não é o fumacê que vai resolver o problema. Nossas equipes estão visitando os imóveis dia-a-dia, e estão encontrando focos do mosquito nesses locais. Elas ensinam as pessoas a combater os focos mas as pessoas precisam fazer disso uma rotina: tirar pelo menos 10 minutos de seu dia para combater os esses focos", orienta Franciel.

"Pedimos que a população receba nossos agentes com compreensão e paciência. Atentem às orientações, chamem os moradores das casas, as crianças, adultos e idosos e aprendam que qualquer recipiente com água parada é propício à criação do mosquito. E essas doenças podem levar à morte. Precisamos do apoio das pessoas", destaca Marcílio.

Desde o início do ano, a equipe do CCV vem intensificando as ações contra o mosquito em raio de 300 metros de locais aonde houve notificações de casos de dengue.

Para saber mais sobre como combater o mosquito e sobre as doenças por ele transmitidas, acesse: http://combateaedes.saude.gov.br/pt/

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias