Sexta-Feira, 19 de Outubro de 2018
Coxim
11/01/2018 10:08:00
Hospital Regional tem sala de vacinas e cartório para registro de recém-nascidos

Da assessoria/LD

Imprimir
Foto: Sandra Gisely/Divulgação assessoria prefeitura

O Hospital Regional Dr. Álvaro Fontoura Silva, em Coxim, conta com dois novos serviços que oferecem comodidade às mães que dão à luz na unidade, aos recém-nascidos e aos pacientes internos.

A enfermeira do centro cirúrgico, Jackeline Cardoso, conta que a sala de vacinação que foi inaugurada em novembro passado: "Está à disposição dos bebês que nascem aqui e das mães. Os recém-nascidos recebem doses das vacinas de Hepatite B e BCG, que são as primeiras vacinas da vida de uma pessoa. Também atendemos gestantes que estão com o calendário de vacinação incompleto e pacientes internos que necessitam de vacinas antitetânica e anti-rábica". A sala tem uma decoração exclusiva com motivos infantis para proporcionar tranquilidade aos pacientes.

Dessa forma, explica ela, as mães têm mais comodidade: "Elas não precisam sair do hospital, só precisam levar o bebê alguns dias depois no posto de saúde para realizar o teste do pezinho. Com isto, a criança já fica imune dessas doenças pois dá tempo da vacina fazer o efeito, e não precisa expor a criança antes de ser vacinada".

A outra facilidade é o cartório de registro de recém-nascidos, estabelecido por meio de convênio firmado entre a Prefeitura de Coxim, o Hospital Regional, a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) e Cartório do Segundo Ofício de Coxim.

Lucimeire Maria da Silva, escrevente substituta, explica que o órgão iniciou as atividades no ano passado e retomou as atividades no dia 8 de janeiro, após recesso de fim de ano: "Estaremos todos os dias das 8h às 11h, emitindo o registro de nascimento aos recém-nascidos".

O serviço é gratuito e oferece comodidade aos pais, de forma que não estes precisam mais se dirigir ao centro da cidade ou, caso morem fora da área urbana de Coxim, retornarem em outro momento para o registro. O Hospital Regional registra em média 70 partos por mês.

Joelma Schumacher, diretora do HR diz que a equipe toda está muito feliz com esse convênio: “A Sedhast cedeu equipamentos, o HR entrou com o espaço e o sistema on-line, o cartório com o pessoal. É mais um serviço à população da região Norte de MS, aos ribeirinhos, aos pantaneiros, à preservação do direito ao registro de nascimento. Quem ganha é a população”.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias