Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Coxim
27/06/2018 09:11:00
Parceria entre Prefeitura e UFMS trabalha educação em saúde para escolas públicas

Da assessoria/LD

Imprimir
Foto: Divulgação Assessoria

Nesta terça-feira, dia 25 de junho, o secretário municipal de Saúde, Franciel Oliveira, juntamente com o gerente de Vigilância Sanitária, Saimon Cândido, estiveram na Universidade Federal de Mato Grosso Sul - Campus Coxim para a entrega do material didático a ser utilizado no projeto pedagógico Educação em Saúde para Escolares: Jogos Educativos para o Enfrentamento da Tríplice Epidemia (Dengue, Zika e Chikungunya).

O projeto foi desenvolvido pela Universidade em parceria com a FioCruz, coordenado pelo professor Nathan Aratani e vai levar o “Educação em Saúde” a alunos de 7 a 14 anos da Rede Pública de Ensino.

Na parceria, a Secretaria Municipal de Saúde através da Gerência de Vigilância Sanitária converteu multas aplicadas em estabelecimentos infratores e adquiriu todo material necessário para o projeto.

Na oportunidade, a diretora do Campus, professora Dra. Eliene Dias de Oliveira, destacou a importância da parceria entre Universidade e Secretaria Municipal de Saúde. “A parceria é de extrema importância e, de fato, temos avançado muito nas ações voltadas a alunos e também à sociedade”.

Para o gerente de Vigilância Sanitária, Saimon Cândido, o projeto desenvolvido pela Universidade vem de total consonância com a política de saúde do nosso município. “Quando o professor Nathan nos procurou e nos enviou o projeto, ficamos ansiosos para vê-lo na prática e como tínhamos multas aplicadas pendentes, as mesmas foram convertidas e todo o material foi confeccionado pelo estabelecimento infrator”, observa.

O secretário municipal de Saúde, Franciel Oliveira, destacou a importância da parceria entre o Poder Público e Universidade. “Destaco a importância da parceria não só da Secretaria de Saúde, mas da Prefeitura Municipal de Coxim que, ao longo tempo, vem ofertando vagas de estágio a alunos da Universidade”, ressalta.

Franciel disse ainda que o projeto trabalha um público que pode, em futuro próximo, mudar a realidade da transmissão de casos de Dengue, Zika Vírus e Chikungunya, além do importante trabalho da Vigilância Sanitária em suas ações. “O projeto atua no público que temos direcionado nossas ações de educação em saúde, além disso, temos que destacar o trabalho da Vigilância Sanitária, pois o material que estamos entregando foi fruto do trabalho dos técnicos desta área”.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias