Domingo, 23 de Janeiro de 2022
Cultura
23/11/2021 09:12:00
Auditório deve receber nome de Zé Guedes, ícone da cultura coxinense

Sheila Forato

Imprimir
Família Guedes num momento de descontração (Foto: Reprodução/Facebook)

O auditório da Funrondon (Fundação de Cultura, Desporto e Lazer Professora Clarice Rondon dos Santos) deve receber o nome de José Guedes de Melo, o Zé Guedes, fundador da Confraria do Piau.

O projeto de lei de iniciativa do poder executivo foi enviado para a Câmara Municipal e deve ser votado na sessão desta terça-feira (23), marcada para as 19 horas.

Na justificativa consta que Zé Guedes foi um grande incentivador da cultura coxinense. Foi poeta, repentista e produtor cultural. Atuou como empresário por 46 anos em Coxim, tocando o bar do Guedes, onde fundou a Confraria do Piau e a Quartaneira.

Como poeta, participou de diversos concursos literários; como músico foi premiado em diversos festivais; compôs as letras das músicas “Canoeiro do Taquari”, “Rancho à sombra da serra”, “Chora menina” e “Passando por Mato Grosso”, entre outras.

Zé Guedes, como gostava de ser chamado, foi um artista simples, humilde e querido por todos, detentor de inúmeras honrarias e diversas moções por conta de seus relevantes serviços prestados à cultura regional sul-mato-grossense.

Através da Confraria do Piau e da Quartaneira, descobriu talentos e lançou diversos nomes para o cenário musical, artístico e cultural de Mato Grosso do Sul, entre eles o Trio Pé de Cedro e a dupla Kurikaka amp;amp; Makako.

Ele morreu em maio de 2021, por complicações de doença hepática. Na época, faltavam vagas nos hospitais devido a pandemia de Coronavírus (Covid-19) e ele ficou internado em Ponta Porã, no sul do estado.

Com informações da PMC

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias