Domingo, 15 de Setembro de 2019
Cultura
07/05/2019 13:30:00
Candidatas esbanjam beleza, mas polêmica marca edição 2019 do Miss Coxim

Sheila Forato

Imprimir
Thamara Silva, ao centro, foi eleita Miss Coxim (Foto: Divulgação/PMC)

A beleza da vencedora não se discute. Ponto final. Porém, o resultado do Miss Coxim, que coroou Thamara Silva, de 19 anos, tem dado o que falar nas redes sociais. Algumas pessoas ironizam o resultado no Facebook, outras apontam algumas situações chamadas de estranhas através de um texto no WhatsApp.

Um dos comentários foi feito pelo professor Valdir Silva. Ele escreveu:

“Mensagem sublime nar.

Vieram me questionar a respeito do resultado do concurso de Miss Coxim. Sempre respondo que todas são vencedoras. Tenho certeza que a vencedora batalhou dia e noite pelo título e fez isso com muito prazer. Inclusive quero parabenizar a organização pela lisura do processo (aliás, foram bem lisos mesmo). #dessejeito#”

Logo abaixo, o organizado do evento defendeu o concurso, que foi realizado no sábado (5). Nelson Corrêa Junior, que também é responsável pelo cerimonial da prefeitura, escreveu lamentando a forma como Valdir se referiu ao Miss Coxim, definindo-a como desrespeitosa. A partir de então, os dois começaram a debater no Facebook e o organizador escreveu que tomaria medidas judiciais contra o professor.

O Edição MS entrou em contato com Valdir. Por telefone, elencou uma série de fatores que, segundo ele, coloca em dúvida o resultado do certame. Entretanto, o professor pediu que os mesmos não fossem publicados, pois a sua intenção não é manchar a imagem do concurso, que inclusive teve participação de sua sobrinha.

“Não quero que as pessoas pensem que estou duvidando da idoneidade dos jurados, que a meu ver são pessoas preparadas para analisar os quesitos propostos. Mas, assistimos a situações estranhas, após a entrega dessas fichas à organização. Quem estava lá percebeu. Não foram percepções minhas, exclusivas”, se defendeu. Além da postagem de Valdir, um texto de autoria desconhecida circula no WhatsApp.

Confira na íntegra:

“Algumas coisas coisas "estranhas" rondam o resultado do Miss Coxim 2019: 1. Já se sabia do resultado do concurso antes mesmo do evento acontecer, as próprias candidatas já comentavam a respeito.

2. A mãe da candidata que depois se tornaria a vencedora ter sido homenageada no evento.

3. A mãe da ainda candidata entregar ao organizador uma placa de congratulação.

4. A mãe da candidata vencedora tinha irrestrito acesso ao camarim das candidatas (só ela, a mãe das outras não)

5. A família da candidata vencedora ser amiga da família do organizador, segundo o próprio organizador "por também ser militar".

6. Antes do resultado final a mãe da candidata já estava chorando.

7. A família da candidata vencedora confeccionou faixas para a candidata, pois já tinha certeza do resultado.

O que a candidata vencedora teve que fazer foi simular surpresa com o resultado, apenas ela, porque TODOS já sabiam”.

Nossa reportagem também entrou em contato com Junior. Ele demonstrou bastante indignação com a situação e disse que as fichas preenchidas pelos jurados estão à disposição da sociedade coxinense. O organizador enalteceu ainda os jurados que escolheram a Miss Coxim, que foram: a juíza Tatiana Said, a esposa do comandante do 47º Batalhão da Infantaria, Patrícia Giron, a primeira-dama Alessandra Prado, o cabeleireiro Leandro Rondora e as empresárias Elô Dantas, Laura Barros e Lislaine Santos.

O Miss Coxim contou com a participação de 12 candidatas, conforme a prefeitura. A segunda colocada foi Kethellyn Araújo, de 17 anos, e a terceira Lauanda Fernandes, de 17 anos.

Notícias relacionadas

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias