Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018
Cultura
01/05/2018 09:53:00
Simone emocionada, Jorge & Mateus tietados e fôlego de Jefferson Moraes
Shows invadiram a madrugada e a manhã desta segunda-feira (1º) no Parque de Exposições. Peão de Catiguá (SP) venceu a montaria em touros e conquistou vaga em Barretos.

G1/PCS

Imprimir
Simone se emociona com o carinho dos fãs no Ribeirão Rodeo Music 2018 (Foto: Érico Andrade/G1)

A 14ª edição do Ribeirão Rodeo Music foi encerrada com chave de ouro ao som dos cantores Jorge amp;amp; Mateus, Simone - da dupla com Simaria - e Jefferson Moraes, na madrugada desta terça-feira (1º), em Ribeirão Preto (SP). Os artistas não pouparam esforços para retribuir o carinho da multidão que se concentrou no Parque Permanente de Exposições.

Os goianos Jorge amp;amp; Mateus foram recebidos aos gritos do famoso “pelo amor de Deus, Jorge e Mateus. Já Simone se emocionou ao ler o cartaz de um fã na platéia com a frase “A Simaria não veio, mas viemos para apoiar você”. “A gordinha está sofrendo”, disse a cantora.

O jovem Jefferson Moraes conquistou o público com as canções do DVD Start in São Paulo, fechando a festa com a arena lotada.

Antes dos shows, a arena conheceu o vencedor da montaria em touros. O peão Francis Gustavo Dezembro, de Catiguá (SP), conquistou o título e garantiu vaga na disputa em Barretos (SP).

Público lota a arena e os camarotes na última noite do Ribeirão Rodeo Music 2018 (Foto: Érico Andrade/G1)

Campeões de tietagem

Desde o início, Jorge amp;amp; Mateus fizeram questão de dar as mãos à plateia, cantar juntinho, sem deixar esconder a alegria de ver suas músicas entoadas a plenos pulmões.

A nova canção "Olhares Sinceros", do álbum Terra Sem Cep, mal tinha começado e toda a galera cantava junto, revezando com gritos e assovios aos cantores. O espreme-espreme não parecia incomodar e o público se emocionou durante os hits “Vou voando” e “Eu sosseguei”.

Jorge segura balão com frase de pedido de abraço feito por fã no Ribeirão Rodeo Music 2018 (Foto: Érico Andrade/G1)

Num coro bonito, fãs soltaram a voz acompanhando o refrão de “Cê tá amarrada aqui comigo”, deixando os celulares ligados durante a “O que é que tem?” para registrar cada momento.

Entre uma música e outra, Jorge recolheu presentes dos fãs e fez questão de brincar com cada um. Ao ler os cartazes, o goiano fez caras e bocas, emendando corações com as mãos e mandando beijos. Ao se deparar com a mulherada chorando emocionada por vê-los no palco, brincou: “Pode tirar essa cara de choro. Sim, pode mudar essa carinha, senão eu nem continuo o show”.

Com uma multidão que não parava de chegar, a dupla ainda emendou as canções, “Terra sem cep”, “Menina maluquinha”, “Enquanto houver razões”, “Trincadinho” e “Parede”.

No Ribeirão Rodeo Music 2018, Mateus mostra talento na guitarra ao tocar hits da carreira com Jorge (Foto: Érico Andrade/G1)

Com quase 13 anos de carreira, a dupla conquistou o país com o sertanejo universitário, encerrou o show com um mix de sucessos, que incluiu “Pirraça”, “Pode Chorar”, “Voa Beija Flor”, “Amo Noite e Dia”, “Seu Astral”, “A Hora é Agora” e “Os Anjos Cantam”, levando o público à loucura.

“Está muito bonito ver vocês daqui de cima”, disse Jorge, encantado com os camarotes e com a pista repletos de fãs. “É um prazer imenso estar em Ribeirão com vocês e cantar com vocês mais uma vez. Obrigado, Ribeirão”.

Simone emocionada

Simone assumiu o palco do Ribeirão Rodeo Music por volta das 3h. A irmã, Simaria, não pode participar. Afastada do trabalho, ela se recupera de uma tuberculose ganglionar. “Não é fácil assumir o palco sem ela, então, vamos todos cantar juntos pela Simaria essa noite, Ribeirão”, afirmou a cantora.

Mesmo com as coleguinhas separadas, o público aprovou a performance da baiana e cantou alucinado o hit "Paga de solteiro feliz", gravada com o DJ Alok. Em “Duvido você não tomar uma”, a cantora ergueu uma caneca de chope e agitou o público. “Levanta o copo, levanta o copo, vamos tomar essa juntos”.

Simone se encantou com o público cantando junto cada refrão. A cantora abriu presentes que recebeu, leu os cartazes dos fãs e se emocionou com um em particular, lendo em voz alta para que todos ouvissem: “A Simaria não veio, mas viemos para apoiar você”. “Que coisa linda isso, gente. É esse tipo de coisa que move a gente”, afirmou, emocionada.

A galera ainda dançou agarradinha e cantou sem perder o ritmo os sucessos "Raspão", das irmãs com a dupla Henrique amp;amp; Diego, "Quando o mel é bom", "Loka", gravada com Anitta, e "Amor mal resolvido", delas com Jorge amp;amp; Mateus.

“Que prazer enorme é estar com vocês, Ribeirão. Queria agradecer o carinho de todos, porque, como eu falei para Simaria, fazer o povo botar a mão para cima e cantar não é fácil, com duas é mais tranquilo. A gordinha está sofrendo”, disse.

Jefferson Moraes fez show até o dia amanhecer no Ribeirão Rodeo Music 2018 (Foto: Érico Andrade/G1)

Fôlego de Jefferson Moraes

Encerrando o Ribeirão Rodeo Music 2018 pouco antes das 5h, o cantor Jefferson Moraes fez os fãs amanhecerem no Parque de Exposições, sem hora para acabar. “Só tenho uma pergunta: vocês trouxeram os óculos de sol? Pois hoje a gente não sai daqui antes do meio dia”, afirmou, emendando a canção “Nesse bar estou sentado”.

Aos 25 anos, o cantor possui mais de 100 composições e recentemente gravou seu DVD “Start In São Paulo”. O álbum conta com a participação de vários artistas, como as duplas Jorge amp;amp; Mateus, Simone amp;amp; Simaria, Matheus amp;amp; Kauan, além de Gusttavo Lima e Israel Novaes.

A plateia resistiu e continuou de pé acompanhando o ritmo. Ao anunciar a canção "Coleção de ex", gravada com a dupla Matheus amp;amp; Kauan, Jefferson chamou a atenção. “Essa aqui é para você que já ficou solteira tantas vezes, se iludiu, disse que era a última vez, mas, de novo caiu numa cilada”.

Natural de Londrina (PR), o jovem se destacou no meio sertanejo após vencer a competição do quadro ‘Iluminados’, do Domingão do Faustão, e conquistou o público com seu carisma.

Jefferson cantou perto da plateia, brincou com os fãs entre uma canção e outra e colocou todo mundo para dançar ao som de "Beber com emergência", "Um centímetro", "A culpa é minha" e "Caixa de surpresa". Em seguida, emendou os hits "Beijo de uma, corpo da outra", dele com Gusttavo Lima, e "Acordando o prédio", de Luan Santana, com cada refrão sendo cantado em uma só voz.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias