Segunda-Feira, 20 de Novembro de 2017
Educação
10/11/2017 07:54:00
A UFMS está entre as 20 universidades mais empreendedoras do Brasil

Luma Danielle Centurion

Imprimir

A Universidade Federal Mato Grosso do Sul está entre as 20 universidades mais empreendedoras do Brasil. De acordo com o Índice de Universidades Empreendedoras de 2017, organizado pela Brasil Júnior (Confederação Brasileira de Empresas Júniores) e mais quatro organizações estudantis em prol do empreendedorismo (AIESEC, Brasa, Rede CsF e Enactus), a UFMS está na 18ª posição no ranking nacional.

O objetivo do estudo é definir o conceito de universidade empreendedora, identificar as boas práticas e mostrar quais são as iniciativas das instituições de ensino superior no Brasil que mais se destacam no incentivo ao empreendedorismo – dentro e fora da sala de aula. A pontuação das universidades é elaborada a partir de uma metodológica específica que avalia variáveis que influenciam o ecossistema empreendedor universitário. Sendo as variáveis: extensão, inovação, cultura empreendedora, internacionalização, infraestrutura e capital financeiro.

De acordo com o estudo uma universidade empreendedora é aquela capaz de criar um ambiente favorável para o desenvolvimento de projetos focados, em primeiro lugar no estudante, e em segundo lugar, na sociedade. O documento ainda define que a função da universidade empreendedora “é sair dos seus muros e aplicar os conhecimentos adquiridos em prol da sociedade, impactando-a por meio de práticas inovadoras”.

Para o reitor da UFMS, professor Marcelo Turine, obter essa posição no ranking é uma enorme conquista. “Entrar no ranking nacional do Índice de Universidades Empreendedoras significa que nossa instituição está se tornando uma referência em empreendedorismo e inovação. Hoje podemos dizer que a UFMS deu um importante passo na consolidação de um projeto de universidade voltado para potencializar a experiência dos alunos e prepará-los melhor para os desafios futuros”.

O reitor explica que ser reconhecida como uma universidade empreendedora significa que “nossos esforços em investir em programas de internacionalização, aumentar o engajamento dos universitários em empresas juniores, construir pontes entre alunos e empresas, via ações como Semana de Estágio, Emprego amp;amp; Carreira, estão colocando a UFMS em novos rumos. Ser uma universidade empreendedora significa olhar para educação de uma forma diferenciada, como um processo amplo de transformação social que liga o conhecimento científico com as necessidades da sociedade”.

Na visão do coordenador de empreendedorismo e inovação da AGINOVA/UFMS, Jardel Mattos, a entrada na UFMS no ranking representa uma mudança de cultura na gestão. “Ano passado, em 2016, nem aparecíamos no ranking. E neste ano, ocupamos a 18ª posição. Isso significado que o trabalho direcionado para estimular atividades empreendedoras na UFMS vem impactando positivamente todas as áreas da universidade. Afinal de contas, não se empreende sem ter um projeto, sem mobilizar os conhecimentos que são apreendidos em sala de aula, na pesquisa ou na extensão. Por isso apostamos no empreendedorismo como elemento de dinamização da educação”, defende Jardel. Confira o Índice de Universidades Empreendedoras de 2017no link: https://www.ufms.br/ufms-esta-entre-as-20-universidades-mais-empreendedoras-do-brasil/

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias