Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020
Educação
15/09/2020 16:59:00
Aulas remotas nas escolas municipais são prorrogadas por tempo indeterminado

Midiamax/LD

Imprimir

Aulas presenciais nas escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme) de Campo Grande não têm data para serem retomadas.

Resolução publicada no Diário Oficial do Município desta terça-feira (15) prorrogou as aulas remotas por tempo indeterminado.

Conforme a publicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed), a prorrogação conta a partir de 8 de setembro, quando houve o retorno do recesso, até “ulterior deliberação”, ou seja, quando houver nova decisão que permita retorno presencial.

No início do mês, prefeito Marcos Trad disse que o município estava seguindo as deliberações do governo do Estado, que fixou como possível data de retorno das aulas o dia 8 de outubro.

No entanto, com a nova resolução, o calendário não traz mais uma data base para o retorno e as atividades continuam sendo desenvolvidas por meio de atividades curriculares domiciliares.

As aulas presenciais estão suspensas desde março, devido a pandemia do coronavírus, e desde então já h ouve diversas prorrogações da suspensão.

Atualmente, as aulas do município e do Estado são transmitidas pela internet, pela televisão ou por meio de atividades impressas disponibilizadas nas instituições de ensino.

Reme tem 108 mil alunos entre Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis) e Ensino Fundamental.

Mesmo sem estimativa de retorno, uma comissão com vários órgãos foi montada para criar um plano de biossegurança para a volta.

Nas escolas particulares de educação infantil as aulas presenciais voltam na segunda-feira (21).

Para o funcionamento das aulas, escolas devem receber no máximo 30% dos alunos por sala de aula, manter distanciamento de 1,5 metros entre as carteiras e escalonar horário de entrada e saída para evitar aglomerações.

Também é obrigatória a disponibilização de dispositivos de álcool em gel para limpeza das mãos, carteiras e outros utensílios que deverão ser constantemente higienizados.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias