Quinta-Feira, 19 de Julho de 2018
Educação
09/07/2018 08:16:00
Senai oferece curso gratuito sobre Indústria 4.0 na modalidade a distância

Da assessoria/LD

Imprimir

Com o objetivo de preparar as empresas para os desafios e oportunidades atrelados à 4ª Revolução Industrial, também conhecida como Indústria 4.0, o Senai oferece o curso “Desvendado a Indústria 4.0”. Com uma carga horária de 20 horas-aulas, a qualificação é ofertada na modalidade EaD (Educação a Distância), auto-instrucional e gratuita, com início imediato, sendo que os interessados podem se inscrever clicando aqui.

Segundo a coordenadora do Nead (Núcleo de Educação a Distância) do Senai, Katiúscia Akemi Nasu Nogueira, a Indústria 4.0 terá um impacto profundo e exponencial nos processos produtivos, em ganhos de eficiência, redução de custos industriais. “Entendemos que este cenário é uma grande oportunidade para o desenvolvimento da indústria brasileira e para o Estado de Mato Grosso do Sul. Dessa forma, esse curso faz parte de uma etapa em que o Senai promove a difusão dos conceitos e tecnologias para que as empresas possam entender melhor quais as suas oportunidades de melhorias para iniciar essa transformação”, afirmou.

Ela acrescentou que a capacitação tem como objetivo apresentar a Indústria 4.0, propiciando ao aluno uma introdução ao tema e a obtenção da base conceitual das tecnologias habilitadoras que suportam essa 4ª Revolução Industrial e como esse conjunto de tecnologias, possibilitam que indústrias se tornem ágeis e tenham uma aprendizagem autônoma.

“O treinamento apresenta a Indústria 4.0 ao aluno por meio de um ambiente virtual interativo, em uma plataforma e-learning moderna. Assim, o aluno tem acesso a conteúdo e atividades que proporcionarão base conceitual e introdução aos conceitos das tecnologias habilitadoras que suportam a Indústria 4.0, tais como: evolução industrial, internet das coisas, big data, robótica avançada, segurança digital, computação em nuvem, manufatura digital, manufatura aditiva, verticalização integrada e otimização da linha de produção”, completou Katiúscia Nogueira.

Serviço – Mais informações pelo telefone 0800-707-0745

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias