Sábado, 15 de Dezembro de 2018
Educação
23/11/2018 10:59:00
Sustentabilidade é tema de ação para alunos da rede pública de Coxim

Da assessoria/LD

Imprimir
Foto: Divulgação

Um projeto muito interessante de sustentabilidade vem sendo executado pela Escola Municipal Pré-escolar e de Ensino Fundamental Maria Lucia Batista, em parceria com a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – Campus Coxim e a Secretaria Municipal de Educação (SEMED). A sustentabilidade é um processo que busca um modo de usarmos melhor tudo o que necessitamos (como, por exemplo, a água), visando garantir que ela seja utilizada por nós e pelas próximas gerações.

A ação é um projeto interdisciplinar da escola Maria Lucia Batista, com supervisão, apoio e participação da diretora escolar Carla Baptista, professores Edson Romeu, João Carlos e Dinalva Pedroso. Com início no final do ano de 2017, a escola assumiu o compromisso de planejar e desenvolver as ações de sustentabilidade, sendo apoiada pela UEMS/Coxim.

O projeto é composto por três grandes eixos: a criação de práticas de sustentabilidade na escola, a geração de ações em gestão de resíduos sólidos e a melhoria do processo de ensino das crianças através da alfabetização científica em espaços educadores.

As ações de sustentabilidade e gestão de resíduos sólidos se iniciaram com o reconhecimento dos espaços e da realidade da escola e do diagnóstico das práticas cotidianas que envolvem a compra, o consumo e o destino final de diversos produtos, como o papel e os alimentos.

A comunidade escolar foi mobilizada para criar dois espaços educadores: a Horta (já implantada) e o Jardim Polivalente, os quais permitirão criar momentos propícios para diálogos, reflexões e percepções quanto ao ambiente escolar e as práticas cotidianas, contribuindo para o desenvolvimento de cidadãos críticos e conscientes de seus deveres.

Neste ano, as crianças e suas famílias já realizaram atividades como auxílio na construção da horta e no plantio de couve, cebolinha e rúcula, apoio na limpeza do ambiente e na coleta seletiva, reciclagem de papel e confecção de pequenas composteiras caseiras. Todas as ações visam contribuir com o processo de alfabetização científica e a formação da cidadania.

O projeto ainda contará com muitas outras ações a serem desenvolvidas por toda a comunidade escolar, como a elaboração da Agenda 21 Escolar e a arborização da escola com plantas típicas do cerrado.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias