Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019
Eleições 2018
03/09/2018 13:39:00
Coligação do PT informa ao TSE que trocou propaganda da TV que mostrava Lula como candidato

G1/LD

Imprimir

A coligação que reúne PT, PC do B e PROS enviou comunicou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que "voluntariamente" promoveu a troca da propaganda eleitoral a ser exibida ainda nesta segunda-feira (3) no horário eleitoral na TV que ainda mostrava o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato ao Palácio do Planalto.

Na noite desde domingo (2), o ministro Luís Felipe Salomão, do TSE, determinou que a coligação encabeçada pelo PT suspendesse qualquer propaganda no rádio que apresentasse Lula como candidato à Presidência.

O ministro fixou multa de R$ 500 mil em caso de descumprimento para cada programa no rádio com tal mensagem. O Partido Novo, autor do pedido, também pediu a suspensão de propaganda de TV com Lula como candidato.

As ações foram apresentadas no fim de semana, após o TSE rejeitar na última sexta (31) a candidatura de Lula. Na ocasião, a Corte liberou a propaganda do PT, mas sob a condição de que o ex-presidente não fosse apresentado como candidato.

No início da tarde desta segunda, a presidente do TSE, Rosa Weber, registrou em despacho que a coligação informou ter "promovido a alteração da mídia", procedimento para mudar a propaganda a ser exibida.

A coligação pediu que o TSE tome as "devidas providências para garantir a regular veiculação em rede e inserções da nova propaganda eleitoral". No despacho, a ministra mandou comunicar o Ministério Público da mudança.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias