Quinta-Feira, 26 de Abril de 2018
Esportes
16/04/2018 16:57:00
Após exame apontar problema nos joelhos, Flu ainda avalia contratação de Kleber

Globo Esporte/LD

Imprimir

Artrose nos dois joelhos foi o motivo que determinou a reprovação de Kleber Gladiador nos exames médicos feitos pelo Fluminense. Mesmo que o resultado não recomende a contratração, o caso ainda não teve definição. O clube decidiu reavaliar se vale a pena assinar com o atacante do Coritiba.

Diante da folga dada ao grupo principal, a segunda-feira será de conversas entre a comissão técnica e a direção. Desde que o resultado da avaliação saiu, no sábado, por exemplo, Abel Braga ainda não conversou com Douglas Santos, coordenador médico - o treinador estava em São Paulo para a partida diante do Corinthians na estreia do Brasileirão.

Paulo Autuori, diretor esportivo de futebol, e Abelão eram dois dos mais entusiasmados com a chance de ter Kleber Gladiador como reforço. Antes mesmo de o atleta chegar ao Rio para ser examinado, os dois falaram na necessidade de não errar na contratação.

  • Estamos tentando. Nós queremos com certa urgência, são muitas competições. Estamos fazendo uma análise até cansativa, para não errar. Levamos em consideração até números de lesões - disse o técnico na entrevista de 21 de março ao ser perguntado sobre reforços.

Kleber Gladiador chegou ao Rio na quinta-feira. Ele foi submetido a exames ortopédicos, clínicos, musculares e cardiovasculares em um hospital da Barra da Tijuca. Tanto o jogador quanto o Fluminense não se manifestaram sobre o caso desde então.

Problemas nos joelhos são comuns nas carreira de Kleber. No Coxa, passou por duas cirurgias no esquerdo, em 2015 e 2017. Em 2014, no Grêmio, operou o direito. Até o dia 8 de abril, quando voltou a jogar (atuou os 90 minutos da final do Campeonato Paranaense diante do Atlético-PR), estava fora de combate por um problema muscular na coxa direita.

A ideia do Tricolor era contratar Kleber até 31 de dezembro de 2019. O negócio não envolveria pagamento ao Coritiba, que iria liberar o jogador. O vínculo dele com o Coxa vai até o dia 31 de dezembro de 2018.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias