Sexta-Feira, 22 de Junho de 2018
Esportes
11/03/2018 12:00:00
Calderano para diante de chinês e é prata no Aberto do Catar

Globo Esporte/LD

Imprimir

O feito já era incrível. Hugo Calderano, porém, queria mais. Diante do chinês Fan Zhendong, o brasileiro sonhava com um inédito título no Aberto do Catar de tênis de mesa depois de vencer gigantes. Dessa vez, porém, o rival não deu chances. Com tranquilidade, Fan dominou o brasileiro e venceu por 4 sets a 0, parciais 13/11, 12/10, 11/7 e 11/7.

No caminho até a final, Calderano bateu o chinês Lin Gaoyuan, quarto do ranking mundial. Antes já havia batido na sexta-feira o alemão Timo Boll, atual líder do ranking mundial, e neste sábdo Tomokazu Harimoto (12º do mundo). A sequência de vitórias deve garantir ao brasileiro um lugar entre os dez melhores do mundo no próximo ranking mundial, que será divulgado em abril. Fan, por sua vez, vai assumir a liderança aos 21 anos.

A China domina o tênis de mesa e tem os melhores jogadores do mundo. Os melhores, inclusive, ficam fora de várias etapas do circuito mundial para jogar torneios internos na Ásia, tamanha a disparidade.

Calderano é dono do melhor resultado do Brasil em Olimpíadas com o nono lugar na Rio 2016. Ele também é o único a medalhar em eventos do COI, com o bronze na Olimpíada da Juventude de Nanjing, em 2014. Em janeiro, Calderano havia conquistado a medalha de bronze no Aberto da Hungria, primeira etapa do Circuito Mundial 2018. No mês passado, chegou à 15ª colocação do ranking mundial, a melhor de um latino-americano em todos os tempos. Na sequência, conduziu o Brasil às quartas de final da Copa do Mundo por equipes, com uma histórica vitória sobre Hong Kong na fase grupos.

O começo foi perfeito. Com um jogo agressivo, Calderano pressionou o chinês e abriu 8 a 2 no placar. Fan, porém, conseguiu reagir. Logo tirou a diferença e passou a dominar o jogo. O brasileiro ainda teve uma chance de vencer o set, mas viu uma bola bater na quina do seu lado da mesa e dar a vitória ao rival: 13/11.

No segundo set, Calderano tentou repetir o início da partida. Não conseguiu uma diferença tão grande no placar, mas se mantinha bem no jogo. Fan reagiu. Com calma, o chinês aproveitou as chances e evitou um novo game point do brasileiro para fechar o segundo set em 12/10.

Àquela altura, Fan tinha o jogo em mãos. No terceiro set, o chinês dominou Calderano com tranquilidade. O brasileiro não conseguia reagir. No fim, Fan abriu 3 a 0 ao fechar a parcial em 11 a 7. Na sequência, o chinês manteve o ritmo e fechou em 11/7 para ficar com o título.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias