Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019
Esportes
18/03/2019 09:45:00
Chapecoense demite Claudinei Oliveira

Globo Esporte/LD

Imprimir

A Chapecoense demitiu o técnico Claudinei Oliveira. Após a derrota por 2 a 1 para o Joinville, na noite deste domingo, dentro de casa, o clube optou pela mudança no comando da equipe. O auxiliar Luciano Gusso e o preparador físico Robson Gomes não permanecem.

A decisão foi tomada ainda na Arena Condá, mas o técnico foi informado após deixar as dependências do estádio, pelo diretor executivo Newton Drummond, por telefone.

Contratado em outubro do ano passado, Claudinei Oliveira atingiu o objetivo de salvar o time do rebaixamento para a Série B. Com isso, permaneceu no cargo nesta temporada, mas o futebol da equipe não vinha agradando à direção do clube.

A eliminação na Copa Sul-Americana, contra o modesto Unión La Calera, estreante em competições internacionais também ajudaram a pressionar pela saída de Claudinei.

O técnico deixa o time sem poder contar com os principais reforços da temporada. Na noite deste domingo, Rildo fez sua primeira partida pela Chapecoense. Gum, Thiago Santos e Marcos Vinicius, no entanto, ainda não estão liberados.

Aylon, outro reforço na temporada, também não chegou a fazer uma partida inteira pelo Verdão por conta de lesões.

O treinador perde o emprego após uma série de três vitórias consecutivas, o que não acontecia desde março do ano passado. Apesar dos números, os resultados positivos não convenceram pelas atuações. Uma das mais emblemáticas foi a classificação na Copa do Brasil, sobre o Mixto-MT. A Chape perdia até os 44 minutos do segundo tempo, mas conseguiu a virada e Claudinei foi mantido no cargo.

Contra o Joinville, na noite deste domingo, a situação foi a oposta. O time sofreu um gol aos 48 minutos, no último lance do jogo, o que decretou o fim de trajetória do treinador com a camisa da Chape.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias