Sábado, 17 de Fevereiro de 2018
Esportes
12/02/2018 07:39:00
Reforços vão bem, LeBron comanda, e Cavaliers atropelam os Celtics em Boston

G1/LD

Imprimir

Ginásio lotado, antigos ídolos presentes, clima de playoffs em quadra. O Boston Celtics preparou grande festa para aguardada aposentadoria da camisa 34 de Paul Pierce, neste domingo. Porém, faltou combinar com um tal de LeBron James. Antes da cerimônia, o astro do Cleveland comandou o renovado Cavaliers em atuação dominante sobre o time verde e jogou um balde de água fria sobre todos em Boston: vitória com autoridade dos Cavs por 121 a 99.

A partida marcou o início de nova fase em Cleveland. Em baixa, o time decidiu reformular o elenco na última quinta-feira, se desfazendo de seis jogadores e recebendo quatro novos reforços. Todos estrearam neste domingo, e deixaram uma ótima primeira impressão.

Mais jovem e motivado, os Cavs se impuseram contra os Celtics desde o início. LeBron James fez o de sempre, domiante em todos os fundamentos e perto de mais um triplo-duplo: 24 pontos, 10 assistências e oito rebotes. Mas o que chamou mesmo a atenção foi a vibração do astro com as ótimas estreias dos novos companheiros.

Ex-Lakers, Jordan Clarkson saiu do banco para anotar 17 pontos, enquanto Rodney Hood (ex-Jazz), anotou outros 15. O veterano armador George Hill, que estava nos Kings, já assumiu vaga de titular e somou 12 pontos. Quem causou menos impacto foi o pivô Larry Nance Jr., também ex-Lakers, que somou apenas cinco pontos, mas empolgou com duas bonitas enterradas, fazendo a torcida lembrar de seu pai, Larry Nance, que é um dos maiores jogadores da história dos Cavaliers.

Os Cavs estão de volta: após um mês de janeiro para esquecer, o Cleveland mostrou neste domingo que ainda é muito cedo para ser colocado fora da briga pelo topo do Leste. As saídas de Isaiah Thomas, Jae Crowder, Dwyane Wade, Derrick Rose, Iman Shumpert e Channing Frye mexeram com o elenco. Quem ficou, pareceu mais focado, como JR Smith, que também fez boa partida em Boston com 15 pontos, e Tristan Thompson, que mostrou muita disposição e contribuiu com outros seis. Já os reforços, mudaram a cara da equipe, principalmente da segunda unidade, que cresceu de produção com Jordan Clarkson e Rodney Hood.

Com Kyrie Irving e suas bandejas impossíveis, os Celtics até começaram bem na partida. Os donos da casa chegaram a ter o controle nos primeiros minutos, principalmente depois que LeBron James levou uma pancada na perna e foi cedo para o banco de reservas. O primeiro quarto terminou em 32 a 31 para o Boston. Logo no início do segundo período, o banco dos Cavs começou a desequilibrar e o domínio se tornou evidente quando LeBron voltou para a quadra. Kyrie Irving perdeu o ritmo e o ataque dos Celtics desapareceu, com o Cleveland indo para o intervalo vencendo por 64 a 52.

Na volta dos vestiários, os Cavaliers deram show. Com uma marcação mais intensa do que vinha sendo apresentado nas últimas semanas, pararam o ataque do Boston. Na frente, nem parecia que quatro jogadores tinham acabado de chegar. Funcionando com facilidade, o ataque dos visitantes dominou a forte defesa dos Celtics - uma das melhores da temporada - e acabou com o jogo. A vantagem chegou a 26 pontos e o técnico Tyronn Lue ainda pôde poupar seus titulares em todo o último quarto.

Celtics em baixa: se por um lado, o Cleveland renasce, do outro, o Boston vive o pior momento na temporada. Líder do Leste durante praticamente os primeiros três meses de campeonato, o time não vem jogando bem nas últimas semanas. A defesa, marca registrada do ótimo início, desapareceu. Contra os Cavaliers, cedeu pela primeira vez mais de 120 pontos. Derrotado em três dos últimos quatro jogos, os Celtics ficaram mais de 20 pontos atrás do placar em todos os reveses.

Com oito derrotas nos últimos 14 jogos, o Boston perdeu a ponta do Leste para o Toronto Raptors e o técnico Brad Stevens não vê a hora da pausa para o fim de semana das estrelas para tentar colocar a equipe de volta aos trilhos.

Campanhas

Celtics: 40v, 18d (2º do Leste)

Cavs: 33v, 22d (3º do Leste)

Próximos jogos

Celtics: contra os Clippers, quarta-feira (14/02), em Boston

Cavs: contra o Thunder, terça-feira (13/02), em Oklahoma City

Hawks surpreendem os Pistons

Laterna da Conferência Leste, o Atlanta Hawks recebeu o Detroit Pistons na noite deste domingo e surpreendeu com vitória apertada por 118 a 115. O armador alemão Dennis Schroder liderou o time com 23 pontos, seguido de Dewayne Dedmon, que anotou um duplo-duplo de 20 pontos e 13 rebotes. Nos Pistons, Andre Drummond foi o principal destaque com 25 pontos e 15 rebotes.

Campanhas

Hawks: 18v, 39d (15º do Leste)

Pistons: 27v, 28d (9º do Leste)

Próximos jogos

Hawks: contra os Bucks, terça-feira (13/02), em Milwaukee

Pistons: contra os Pelicans, segunda-feira (12/02), em Detroit

Oladipo comanda nova vitória dos Pacers

Em uma grande temporada, Victor Oladipo, comandou vitória do Indiana Pacers. Jogando em casa contra o New York Knicks, o armador anotou 30 pontos, nove assistências e oito rebotes e foi o grande destaque do trifunfo por 121 a 113. Além de Oladipo, Bojan Bogdanovic também apareceu bem pelos Pacers, com 20 pontos, enquanto Tim Hardaway Jr. e Enes Kanter anotaram 17 pontos cada nos Knicks.

Campanhas

Pacers: 32v, 25d (6º do Leste)

Knicks: 23v, 34d (11º do Leste)

Próximos jogos

Pacers: contra os Nets, quarta-feira (14/02), no Brooklyn

Knicks: contra os Sixers, segunda-feira (12/02), na Filadélfia

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias