Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018
Esportes
17/05/2018 08:37:00
Remadores de Coxim realizam primeira Expedição ‘Remo Rota das Monções’
O passeio será entre os dias 19 e 20 de maio, sábado e domingo, e a descida faz parte de um trabalho de divulgação

PC de Souza

Imprimir
Foto: Reprodução/Facebook

A primeira Expedição de Caiaqueiros ou “remadores” denominada “Remo Rota das Monções no Rio Cênico”, será realizada neste fim de semana por um grupo de amigos e profissionais liberais de Coxim.

O passeio será entre os dias 19 e 20 de maio, sábado e domingo, e a descida faz parte de um trabalho de divulgação, exploração e contemplação das belezas preservadas do Rio Coxim, fomentando o potencial turístico de todas as cidade que compõem a Região Norte de Mato Grosso do Sul.

Um grupo foi criado no WhatsApp e denominado “Remo Coxim”, em agosto de 2016, com intuito de descontrair, explorar e divulgar as belezas naturais do município, e também chamando atenção para o assoreamento e desmatamento as margens dos rios, onde desde então aos finais de semana e feriados são realizadas várias descidas contemplativas até a cidade de Coxim.

Os locais mais visitados até hoje são: Cachoeira das Palmeiras, Rio Taquari Mirim (riozinho), Silviolândia, e cachoeira do quatro pé.

‘Remo Rota das Monções’

A expedição partirá no sábado dia (19) do local conhecido como ponte da Matinha (ponte de concreto) no Rio Coxim, localizada na MS 142 que liga São Gabriel à Jauru e Figueirão, passando pelo Município de Rio Verde de MT.

A previsão de chegada em Coxim é no domingo dia (20), no porto (ponte velha), por volta das 17 horas, perfazendo um total de 85 quilômetros, o grupo passará por cachoeiras e corredeiras com alto grau de dificuldades as quais podemos citar o Travessão do Jaú, e a Cachoeira do Quatro Pé, prometendo ser uma das maiores já realizadas na Região.

Com presença confirmada de dezesseis caiaqueiros ou remadores, sendo quatorze de Coxim e dois de Campo Grande, pensando no meio ambiente os participantes não terão apoio de barcos a motor.

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

História

Conhecendo um pouco da História, o termo Monção é de origem árabe e significa estação, sendo a designação dada a ventos sazonais. As monções caracterizam um tipo de variação climática que ocorre na porção sul e sudeste da Ásia. Os portugueses no período das conquistas e colonizações, quando na Índia, utilizavam os ventos para programarem suas idas e vindas através do oceano indico.

Como os ventos de monções variam sua direção de acordo com a mudança climática das estações do ano, quando o vento soprava do Oceano Índico para o continente favorecendo a chegada das embarcações à costa era chamado de monção marítima. Quando soprava do continente para o oceano impulsionando as embarcações para o mar era chamado de monção continental. Rio Cênico – (Área de Proteção Ambiental Cênico) De extrema beleza cênica, o Rio Coxim possui grande potencial eco turístico, podendo ser explorado em seus percursos atrativos históricos culturais e naturais.

A Área de Proteção Ambiental (APA), Rio Cênico Rota Monçoeiras – Rio Coxim foi criada em 2000 e abrange um total de 15.440,49 hectares nos municípios de São Gabriel do Oeste, Camapuã, Rio Verde de Mato Grosso e Coxim, foi criada com o objetivo de proteger o conjunto paisagístico, ecológico e histórico cultural, promover a manutenção da bacia compatibilizando – a com o uso racional dos recursos ambientais e ocupação ordenada do solo garantido qualidade ambiental, atividades atuais; passeios de barco promovidos por iniciativa privada, atrativos, inscrições rupestres, registros das Rotas Monçoeiras, paredões de arenito e cachoeiras.

O Rio Cênico percorre cerca de 250 km entre canyons, ladeados de gigantescos paredões de arenito, cachoeiras, pedreiras e corredeiras. Registra corredores pré-históricos que ligam a planície pantaneira aos planaltos centrais e meridionais do Brasil.

Existem sítios arqueológicos, compostos por abrigos rochosos com pinturas rupestres e petróglifos, de aproximadamente 10 mil anos. A região também era usada como Rota das Monções, apresentando inscrições de época gravadas em rochas que podem ser visitadas.

As informações são da Assessoria do grupo

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias