Quinta-Feira, 22 de Agosto de 2019
Geral
11/02/2019 15:56:00
Concurso para estágio no TCE-MS atrai universitários da Capital

Da assessoria/LD

Imprimir

“A iniciativa do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul é uma excelente oportunidade aos futuros profissionais de diversas áreas”, declarou o Presidente do TCE-MS, Conselheiro Iran Coelho das Neves que esteve no local acompanhando de perto o processo seletivo. Na ocasião, o Presidente, destacou, também, o empenho demonstrado pela equipe da Corte de Contas na organização e execução do concurso. “Viemos aqui para apoiar nossa equipe e acompanhar de perto essa programação que já estava prevista na administração anterior e que, agora, estamos dando concretude”, finalizou.

O evento que solidifica mais um avanço e reafirma o compromisso do TCE-MS em priorizar a transparência em todas as suas ações, reuniu na manhã de domingo (10/02), 1.250 candidatos que participaram do processo seletivo para o preenchimento de vagas em diversas áreas de formação, do programa de estágio remunerado oferecido aos estudantes de universidades de Campo Grande. O processo seletivo ocupou 30 salas da Universidade Anhanguera Unidade 2.

A Corte de Contas disponibilizou um total de 70 vagas para preenchimento nos cursos de Direito (37), Ciências Contábeis (11), Engenharia Civil (02), Engenharia Ambiental (02), Engenharia Elétrica (01), Arquitetura e Urbanismo (02), Administração (04), Tecnologia da Informação (08), Jornalismo (01) e Publicidade e Propaganda (02). O concurso que disponibilizou dez por cento (10%) das vagas para deficientes, contou, também, com a participação de um candidato portador de deficiência visual e de uma cadeirante.

Para a chefe do Departamento de Gestão de Pessoas (DGP) do Tribunal de Contas, Elaine Góis dos Santos Gianotto, o processo seletivo foi muito positivo: “O processo seletivo que ganhou moldes de concurso público contou com uma participação muito boa dos estudantes de nível superior que veem mais uma oportunidade para agregar a carreira profissional”.

Foi o que destacou a acadêmica do curso de Direito, Amanda Marques de Almeida, que vê no concurso mais uma chance de adquirir conhecimento na profissão escolhida. “Minha expectativa é aprender cada vez mais e se possível, depois de formada, fazer carreira em um órgão público”.

A acadêmica do curso de Arquitetura e Urbanismo, Gabriele Lopes, não conseguiu esconder a ansiedade em participar de seu primeiro processo seletivo. “Apesar de estar nervosa por ser o primeiro concurso que faço, minhas expectativas são as melhores possíveis, pois além do estágio pagar bem, será uma boa oportunidade para o futuro de minha carreira profissional”.

Para Eduardo Silva Moreira, acadêmico do curso de Engenharia Elétrica, é importante o estágio no TCE-MS para agregar mais experiência profissional. “Além de concluir as horas obrigatórias de estágio exigidas pela faculdade, essa é uma chance para que eu possa buscar futuramente uma carreira em concurso público”.

Vale lembrar, que os aprovados terão uma jornada semanal de estágio de 25 horas, a ser realizada no período de funcionamento do Tribunal, com exercício de 5 horas diárias de trabalho e receberão uma bolsa no valor R$ 900,00 e mais o auxílio transporte no valor de R$ 100,00. A duração do estágio será de seis (6) meses a um (1) ano, e poderá ser prorrogada por igual período, até o limite de dois (2) anos.

A convocação dos aprovados ocorrerá gradativamente dentro do prazo de validade do certame, no interesse da administração, com a devida comunicação ao candidato por meio de contato telefônico e por e-mail cadastrado, sem prejuízo da devida divulgação no endereço eletrônico do Tribunal de Contas.

O processo seletivo terá validade de doze (12) meses, a contar da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Presidência do TCE-MS.

Concurso

Todas as áreas também terão a formação de um cadastro de reserva a ser administrado pelo Departamento de Gestão de Pessoas do TCE-MS. O processo seletivo reuniu estudantes matriculados nos cursos de educação superior, conforme semestres especificados no edital. A prova escrita objetiva, conteve um total de 40 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas cada, sendo 15 questões de Língua Portuguesa e 25 questões de conhecimentos específicos.

Os candidatos que forem aprovados, mediante pontuação, ainda irão passar, posteriormente, por uma avaliação psicológica.

O gabarito provisório estará disponível a partir desta terça-feira, dia 12 de fevereiro, no site do TCE-MS. Conforme edital, o resultado final, está previsto para ser divulgado no site da Corte de Contas dia 28/02.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias