Quarta-Feira, 29 de Maio de 2024
Geral
20/11/2023 06:49:00
Corpos dos fãs de Taylor Swift vão ser sepultados em Mato Grosso do Sul
Gabriel Mongenot Santana Milhomem Santos, de 25 anos, e Ana Clara Benevides Machado, de 23, eram naturais de Mato Grosso do Sul e foram ao Rio de Janeiro para shows de Taylor Swift, mas foram vítimas de duas tragédias e morreram.

G1/PCS

Imprimir

Gabriel Mongenot Santana Milhomem Santos, de 25 anos, e Ana Clara Benevides Machado, de 23 anos, vão ser velados em Mato Grosso do Sul nesta semana. Os dois morreram no Rio de Janeiro (RJ), onde assistiriam ao show de Taylor Swift.

Ana Clara passou mal no início do show da artista na sexta-feira (17) e faleceu. No entanto, por questões burocráticas e dificuldades financeiras da família, o corpo da jovem ainda não chegou ao Mato Grosso do Sul. A previsão é que chegue ao estado nesta segunda-feira (19).

A jovem vai ser velada na Câmara Municipal de Sonora, na cidade onde cresceu, mas o sepultamento vai ocorrer em Pedro Gomes, sua terra natal. A jovem morava em Rondonópolis, no Mato Grosso, onde estudava psicologia. Ela se formaria no ano que vem.

Gabriel Mongenot estudava Engenharia Aeroespacial em Belo Horizonte (MG), mas era natural de Campo Grande. Sua mãe Inês Mongenot, é a atual secretária-adjunta da Secretaria de Assistência Social (SAS) do município.

O corpo do jovem deve chegar na capital na tarde desta segunda, onde será realizado o velório e sepultamento.

Ao g1, familiares da vítima relataram que Gabriel também era fã da Taylor e assistiria ao show dela no domingo (19). Contudo, o jovem foi morto por dois homens em uma tentativa de assalto, na praia de Copacabana.

Gabriel

Gabriel Mongenot Santana Milhomem Santos, de 25 anos, foi morto na madrugada de domingo (19) por três homens em uma tentativa de assalto nas areias da Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. A vítima estava na cidade com outras duas primas para assistir ao show da cantora Taylor Swift.

O crime aconteceu por volta das 3h. Segundo a Polícia Civil, o jovem e dois amigos estavam sentados nas areias da Praia de Copacabana, contemplando o mar, quando dois assaltantes se aproximaram.

Em depoimento, uma das vítimas contou que Gabriel era o único que dormia, acordando com susto ao ser abordado. Ele reagiu, sendo esfaqueado no peito. A mesma testemunha relatou aos investigadores que os criminosos estavam alterados e os chutavam o tempo todo. Gritavam que, se alguém levantasse, iriam matar quem ousasse desobedecê-los. A faca utilizada era de cozinha, mas com uma lâmina grande. Os suspeitos levaram a chave de um veículo e dois telefones celulares.

Dois deles já foram presos pelo crime.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias