Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018
Geral
13/04/2018 17:19:00
Depois de 4 dias, servidores da educação decidem encerrar greve
Greve começou na última terça-feira

Midiamax/PCS

Imprimir

Em greve desde a última terça-feira (10), os administrativos da educação decidiram em assembleia na tarde desta sexta-feira encerrar a paralisação das atividades. A decisão se deu depois do Governo encaminhar contraproposta que prevê incorporação de 50% do abono no salário dos servidores ainda este ano.

Antes mesmo da assembleia marcada para às 15h30 desta sexta, os sindicatos municipais de algumas cidades como Corumbá, Três Lagoas, Coxim, Ivinhema e Ponta Porã já haviam aceitado a proposta do Governo.

Em contraproposta encaminhada na noite desta quinta-feira (12) aos grevistas, o Governo do Estado atende parte da reivindicação da categoria. O Estado propôs incorporar metade do abono salarial de R$ 200 no salário dos administrativos em outubro deste ano.

Os outros R$ 100 seriam incorporados, em caráter provisório, em maio de 2019 caso os gastos do Governo com pessoal não ultrapassem 95% do que preconiza LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal).

A incorporação ocorreria por meio de novo projeto de lei que o Governo se compromete a encaminhar para apreciação dos deputados até junho deste ano. Manutenção do auxílio alimentação no valor de R$ 100 também está prevista na proposta.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias