Domingo, 18 de Novembro de 2018
Geral
08/11/2018 16:52:00
Mundo Senai recebe centenas de alunos do ensino público e privado de MS

Da assessoria/LD

Imprimir

O Senai de Campo Grande, a Escola Senai da Construção e as unidades operacionais de Aparecida do Taboado, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Maracaju, Naviraí, Nova Andradina, Rio Verde, Sidrolândia e Três Lagoas abriram as portas nesta quinta-feira (08) para receber alunos do ensino público e privado, bem como interessados em conhecer a estrutura física e de ensino da instituição. A iniciativa faz parte do Mundo Senai, evento que é realizado anualmente em todas as unidades da instituição no Brasil para que os futuros profissionais conheçam mais sobre a indústria, descobrindo todos os caminhos que o Senai oferece para a melhor formação profissional.

Segundo o diretor-regional do Senai, Rodolpho Caesar Mangialardo, o evento busca apresentar orientação profissional aos jovens, despertar o interesse das pessoas pelo mundo da indústria e mostrar a moderna infraestrutura que o Senai oferece em educação profissional e tecnologia. “É uma oportunidade única para que as pessoas possam conhecer de perto nossas ações e começar a se interessar por esse mundo. Abrimos as portas para todos, atingindo não só as pessoas para as quais normalmente direcionamos nossos esforços, que são do ramo industrial, mas àqueles também que não conhecem os serviços do Senai”, afirmou.

Gerente do Senai de Campo Grande, Hélio Peçanha explica que assim como na programação nacional, a instituição abre as portas para receber 1,2 mil pessoas e despertar o interesse deles pela inovação e tecnologia. “Todos poderão conhecer os laboratórios, as oficinas e projetos desenvolvidos pelos alunos. Queremos ensinar e multiplicar informações oferecidas aqui”, afirmou. De hora em hora um ônibus com alunos da rede pública ou privada estaciona em frente ao Senai de Campo Grande ou da Escola Senai da Construção, onde os alunos podem conferir as apresentações culturais, como balé, coral e dupla sertaneja e visitar todas as salas e laboratórios das duas unidades da Capital.

O aluno Rhuan Matheus Cazé Romero, 17 anos, que estuda na Escola Estadual José Barbosa Rodrigues, localizada na saída para São Paulo, região onde mora, conta que é a primeira vez que passeia pelo centro da cidade e conhece a estrutura do Senai. Ele, que está terminando o Ensino Médico e pensa em seguir carreira militar, não descarta fazer uma faculdade. "Estou muito empolgado de poder conhecer toda essa estrutura, é tudo muito bonito. Quem sabe não venho estudar aqui", disse, ao ver as apresentações culturais rodeado de colegas da sua escola.

Entre as atividades desenvolvidos pelos estudantes, está o projeto do da 7° ano da Escola do Sesi de Campo Grande, que transforma lixos eletrônicos em novos objetos, como monitores que viram vaso e até casinha para pets. As alunas Thaynara Costa, Ester Barbosa e Sara Meza, com idade entre 11 e 12 anos, aprenderam a importância de preservar o meio ambiente. Os itens transformados estão sendo vendidos e os recursos serão doados para instituição de preservação ambiental.

Alunos e ex-alunos também participam do evento. Maria Eduarda Oliveira, tem 20 anos e é aluna do curso técnico em logística do Senai. Ela participa pela segunda vez do Mundo Senai e dessa vez atua orientando os visitantes. “É muito legal porque no final, isso tudo vai entrar para a história do Senai e vou ter feito parte da trajetória”, disse.

Ao sair da visita ao Memorial da Indústria, as alunas Bianca da Costa e Mariana de Souza, ambas de 16 anos e estudantes da Escola Estadual General Malan, disseram estar gostando muito do dia. “Aqui é tudo muito diferente e bem mais legal. A gente fica empolgada e consideramos sim vir estudar aqui”, disse Mariana.

Representante da Secretaria Estadual de Educação, Marlon Nantes visitou o Mundo Senai para conhecer o evento e captar ideias que podem ser aplicadas na rede pública. “Temos um convênio om o Senai e é muito bacana ver como eles aprendem e apresentam seus projetos”, pontuou. Na Escola Senai da Construção, 350 pessoas devem visitar a unidade, entre hoje e sexta-feira (09/11). No período noturno, nas duas instituições, interessados podem conhecer mais sobre empreendedorismo, como explica o Coordenador Pedagógico da Escola Senai da Construção, Alexandre Anastácio de Oliveira.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias