Domingo, 27 de Maio de 2018
Geral
17/05/2018 08:18:00
Paolla Oliveira segue com processo por fotos vazadas: 'Não houve perdão'

Terra/PCS

Imprimir

A atriz esclareceu que desistiu de mover dois processos e manteve um em conjunto com a TV Globo. 'Achei injusto segurar toda essa Justiça do nosso país, que já é tão demorada e complicada, para seguir com dois processos para mim. O processo segue e esses profissionais seguem tocando tais assuntos que as mulheres tanto precisam', argumenta Paolla nesta quarta-feira (16).

Paolla Oliveira compareceu ao encontro com a imprensa para o lançamento de 'Belíssima', trama na qual atuou em 2005 e que volta à TV no "Vale A Pena Ver de Novo". Durante a coletiva, a atriz falou sobre o vazamento de fotos suas nos bastidores da série "Assédio" e esclareceu não ter desculpado o ex-funcionário responsável pelo crime. "Não houve perdão! As pessoas falam o que elas querem. O processo continua correndo na Justiça. O que houve foi a possibilidade de serem abertos dois processos: a casa corre em conjunto comigo em um. No segundo, eu ia falar do mesmo assunto, usando profissionais especializados para tratar sobre esse tipo de assunto e de outros temas femininos, casos horríveis...", conta ao Purepeople a protagonista do longa "Alguém Como Eu", em cuja pré-estreia usou um look Gucci.

'Achei injusto segurar Justiça', argumenta atriz

Apoiada por outras artista no episódio, Paolla explica que decidiu manter a questão em apenas um processo, em parceria com a emissora. "Achei injusto segurar toda essa Justiça do nosso país, que já é tão demorada e complicada, para seguir com dois processos para mim. O processo segue e esses profissionais seguem tocando tais assuntos que as mulheres tanto precisam", afirma a global, par de Antonio Calloni no novo trabalho na TV.

Paolla lembra encontro com Fernanda Montenegro: 'Minha perna tremeu'

Durante o evento no Estúdios Globo, Paolla relembrou o papel de Giovana na trama de Silvio de Abreu. "Esse foi o meu primeiro trabalho na televisão e não sabia o que iria acontecer. Fernanda estava lembrando que me encontrou um dia no camarim, depois de uma cena com o Cauã, e o Silvio (de Abreu) passou dizendo que ia me dar mais coisas porque estava indo bem e minha perna tremeu muito. E logo depois dona Fernanda me elogiando por uma cena, me dando parabéns. Fiquei paralisada. Ainda vou ficar pensando no que revivi hoje. Tenho uma carreira que ainda é curta, mas olho para trás e vejo que é tão grande. Tive encontros que são tão lindos. Uma novela moderna que passou há 12 anos e toda vez que olho para trás agradeço por ter chego até aqui. Só tenho a agradecer", afirmou a artista, protagonista do clipe "Mulher Feita", do rapper Projota.

Notícias relacionadas

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias