Domingo, 19 de Novembro de 2017
Geral
11/11/2017 12:08:00
Polaco e Ramãozinho são condenados a 28 anos de prisão pela morte de Dieguinho

Sheila Forato

Imprimir
Foto: PC de Souza

Nesta sexta-feira (10) André Paes, o Polaco, e Ramão Rangel Dias Neto, o Ramãozinho, foram levados a júri popular pela morte de Diego Araujo dos Santos, o Dieguinho.

Eles foram condenados a 28 anos de prisão, sendo 14 para cada, por homicídio qualificado pelo motivo torpe e pelo recurso que dificultou a defesa da vítima.

O júri comandado pela juíza Tatiana Dias de Oliveira Said durou aproximadamente 13 horas. Na acusação estava o promotor Marcos André Sant’Ana e na defesa o advogado Alex Viana e a Defensoria Pública.

Dieguinho foi assassinado a tiros, em julho de 2011, no bairro Santa Maria, em Coxim. Ele caminhava de madrugada com um amigo quando Polaco e Ramãozinho se aproximaram de moto e dispararam dois tiros.

A vítima correu alguns metros, mas logo caiu e morreu.

Foto: PC de Souza
Foto: PC de Souza
COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias