Segunda-Feira, 20 de Novembro de 2017
Meio Ambiente
11/11/2017 08:39:00
Pescadores capturam tubarão “pré-histórico” com 300 dentes
Conhecido como tubarão-cobra, o raro animal foi encontrado por acaso em Portugal

Exame/PCS

Imprimir
ubarão-cobra: este exemplar, empalhado, está em exposição num aquário em Paris

Pesquisadores do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) registraram a captura de um raro tubarão-cobra (também chamado de tubarão-enguia), uma espécie que existe há mais de 80 milhões de anos. Num comunicado sobre a captura, o IPMA o chama de “fóssil vivo”.

Esse tubarão, da espécie Chlamydoselachus anguineus, vive no oceano em grandes profundidades. Por isso, raramente é visto por algum humano. A dentição desse tubarão é peculiar. São mais de 300 dentes dispostos em 25 fileiras. Sua boca lembra a de uma cobra.

O exemplar capturado é um macho com 1,5 metro de comprimento. Foi pego numa rede de pesca a uma profundidade de cerca de 700 metros, ao sul de Portugal. A captura aconteceu em agosto mas só foi divulgada nesta semana.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias