Quinta-Feira, 26 de Abril de 2018
Mundo Pet
28/03/2018 12:48:00
Páscoa: Chocolate pode intoxicar o seu pet
Chocolate apresenta uma substância altamente tóxica para os animais. Veterinária alerta sobre os riscos e o que fazer para deixar o seu pet longe do perigo nesta Páscoa

Da redação/PCS

Imprimir

Páscoa é tempo de se reunir com a família e se deliciar com muito chocolate. Quem tem pet em casa, pode cair na tentação de querer agradar os seus filhotes. No entanto, isso pode transformar essa época doce em uma experiência nada agradável.

Julia Oliveira de Camargo, médica veterinária do Hospital Veterinário Dog Saúde, afirma que o chocolate é extremamente tóxico aos animais por conta da metilxantina, uma substância alcaloide com alto poder estimulador do sistema nervoso central. Segundo a especialista, o chocolate possui um dos tipos mais comuns: a teobromina.

“A absorção da teobromina é muito rápida pelo estômago e intestino, quase 100% é absorvida e unicamente metabolizada pelo fígado”, explica. A veterinária conta que a substância pode permanecer por até seis dias dentro do organismo do animal.

Se ingerida em grandes quantidades, a teobromina pode forçar o fígado do animal ao máximo de seu funcionamento e provocar uma intoxicação aguda no processo digestivo.

O animal intoxicado poderá ficar ofegante, ter reações de excitação, tremor e incontinência urinária. Júlia afirma que em alguns casos, pode ocorrer inclusive taquicardia, junto de arritmias e salivação excessiva. “Ao observar alterações como estas, leve o seu pet imediatamente ao hospital veterinário para medicações”, alerta.

Dicas da Veterinária

Caso o seu pet coma uma grande quantidade de chocolate, ainda mais com alto índice cacau (como é o caso do chocolate de 70%), ele corre o risco de sofrer uma intoxicação de alto grau. Leve-o urgentemente ao hospital veterinário para que as medicações sejam feitas o mais rápido possível.

Muito cuidado com os chocolates! Fique atento ao lugar onde você coloca e nem pense na frase “vou apenas dar um pedacinho.”

Mesmo que seja um chocolate com menor teor de teobromina, como é o caso do chocolate branco, lembre-se que chocolate não é um alimento para animais.

Além dessa substância tóxica, ele possui alto teor de lipídeos, que podem causar outras doenças sérias ao seu animal; como problemas de pele, diabetes e sobrepeso.

Sobre a veterinária

Julia Oliveira de Camargo (CRMV 38.373) é Médica Veterinária pela Universidade Anhembi Morumbi e proprietária do Hospital Veterinário Dog Saude , localizado em Jundiaí-SP (http://dogsaudejundiai.com.br)

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias