Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Mundo
07/11/2018 09:30:00
Americanos elegem primeiros deputados muçulmanos e indígenas

O Globo/LD

Imprimir

Os americanos elegeram nesta terça-feira as duas primeiras deputadas federais muçulmanas , ambas democratas . Outros marcos históricos são a eleição do primeiro governador asumidamente gay e as primeiras congressistas de origem indígena. Conheça abaixo quem são estes candidatos que se saíram vitoriosos nas eleições de meio de mandato realizadas ontem.

Deputadas muçulmanas

Ilhan Omar representará o estado de Minnesota e Rashida Tlaib, Michigan. Omar, de origem somali, também é a primeira representante federal negra do estado de Minnesota. Ambas tiveram mais de 70% dos votos em seus distritos (no sistema eleitoral americano, cada uma das 435 cadeiras da Câmara corresponde a um distrito).

Já Tlaib é a primeira mulher de origem palestina a ocupar um assento no Congresso, depois de ter atuado como legisladora estadual de 2009 a 2014 com uma plataforma em favor da assistência médica universal, do salário mínimo e do fim do Serviço de Imigração e Alfândega.

'Estrela' do Partido Democrata

Chamada de "uma das estrelas" que emergiram neste ano na política americana, Alexandria Ocasio-Cortez, da ala esquerda do Partido Democrata e de origem porto-riquenha, venceu no 14º distrito de Nova York. Alexandria pertence aos Socialistas Democráticos, agrupamento inspirado na social-democracia europeia que defende saúde e educação públicas e gratuitas e o fim da polícia de fronteiras.

Alexandria e outra democrata, Abby Finkenauer, eleita por Iowa, se tornaram as mais jovens deputadas eleitas no país — ambas têm 29 anos.

Governador assumidamente gay

Ainda dentro dos marcos históricos, os americanos elegeram o primeiro governador homem assumidamente gay. O democrata Jared Polis venceu no progressista Colorado, o primeiro estado a legalizar a maconha para fins recreativo no país. As suas propostas incluem a revogação da pena de morte, controle de armas mais fortes e pré-escolas integrais para todas as crianças.

A primeira pessoa assumidamente LGBTQ a ser eleita para governar um estado foi Kate Brown, que ocupa o posto no estado de Oregon em 2016. Já Jim McGreevey se assumiu homossexual durante o seu mandato de governador de New Jersey, em 2004.

Por outro lado, a democrata Christine Hallquist foi derrotada na disputa pelo governo de Vermont. Se vencesse, seria a primeira governadora transgênero do país.

Congressistas de origem indígena

Os americanos também elegeram Sharice Davids e Debra Haaland. Ambas serão as primeiras congressistas americanas de origem indígena. Davids, membro da Nação Ho-Chunk — além de advogada e ex-lutadora de MMA — , também é a primeira pessoa LGBTQ do Congresso eleita pelo estado do Kansas. Haaland é uma democrata do Novo México e membro da tribo Pueblo of Laguna.

Deputadas latinas do Texas

Nunca uma mulher latina havia sido eleita para representar o Texas no Congresso dos EUA, embora o estado tenha uma grande população latina — mais de um terço de todos os seus habitantes. Até esta quarta-feira. Agora, Veronica Escobar, que é uma ex-juíza local, venceu em El Paso, enquanto Sylvia Garcia se saiu vitoriosa contra seu oponente republicano em Houston.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias