Segunda-Feira, 15 de Outubro de 2018
Mundo
12/02/2018 07:58:00
Ex-seleção inglesa revela que foi abusado por tio-avô na infância: "Congelei"

Globo Esporte/LD

Imprimir

Aos 39 anos, o ex-jogador inglês Kieron Dyer resolveu contar pela primeira vez um drama vivido quando ainda era criança. Em entrevista ao jornal "Daily Mail", ele revelou que foi abusado sexualmente por um tio-avô.

Dyer disse que tinha 11 ou 12 anos quando o episódio aconteceu. Sua mãe estava no trabalho, e ele ficou com o tio-avô Kenny em casa. Estavam no sofá, quando cochilou no colo do parente.

  • De repente eu acordei, mas fiquei com medo de abrir os olhos. Kenny tinha botado as mãos dentro da minha calça enquanto eu dormia. Ele estava me acariciando. Eu congelei. Não sabia o que fazer - disse o ex-jogador.

  • Ele me falou para deixá-lo terminar o que estava fazendo. Disse que me compraria muito cocholate. Ele baixou minhas calças até os tornozelos. Eu sabia que ele estava fazendo algo terrivelmente errado, mas eu estava congelado. Não conseguia me mexer, falar, fazer nada - completou.

Dyer disse ainda que o tio-avô fez sexo oral nele e que somente alguns minutos depois conseguiu afastá-lo. Segundo o inglês, Kenny lhe pediu segredo na época. Segredo que só foi revelado agora.

Kieron Dyer foi um meio-campista que atuou 33 vezes pela seleção da Inglaterra entre 1999 e 2007. Disputou a Copa do Mundo de 2002 e a Eurocopa de 2004. Revelado pelo Ipswich Town, obteve maior destaque no Newcastle. Ele se aposentou em 2013, no Middlesbrough.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias