Segunda-Feira, 20 de Novembro de 2017
Nos Bastidores
23/10/2017 09:00:00
Arrego

Edição MS

Imprimir

Depois de quebrar o comércio local, prefeito de cidade da região norte pediu arrego para aliados de campanha que estavam abandonados.

A reunião de emergência aconteceu na última quinta-feira (19). O chefe do executivo não paga fornecedores e culpa a queda na arrecadação, mas...

Essa queda foi contestada pelo próprio vice, que fez o comparativo de 2017 com 2016 e avisou: não tem que se falar em queda, a diferença é de apenas 2%.

Ou seja, o que tá faltando mesmo é administração. A dívida com fornecedores já chega a R$ 1,2 milhão, sem previsão de quitação.

A prefeitura não paga supermercados, um deles chegou a suspender fornecimento de cestas dias desses, não paga posto de combustíveis, que tem ficado sem produto para atender clientes, muito menos oficina, farmácia, dentre outros segmentos.

Ah...a única empresa que tem feito um limpa nos cofres públicos é a que conta com sócio na ordem dos pagamentos. Assim fica fácil né?

Últimas notícias