Sexta-Feira, 7 de Agosto de 2020
Polícia
29/06/2020 08:38:00
Gari é autuada por maus-tratos após cachorra morrer por falta de alimentação

Luma Danielle Centurion

Imprimir
Foto: Divulgação PMA

Uma Gari, de 27 anos, foi autuada pela PMA (Polícia Militar Ambiental) após sua cachorra morrer por falta d alimentação no último sábado (27), em Costa Rica.

Os policiais receberam a denúncia de uma defensora de animais da cidade, que apresentou um laudo de uma médica veterinária, atestando o óbito por desnutrição.

A denunciante afirmou que encontrou a cadela na rua e encaminhou por sua conta para tratamento, com concordância da proprietária.

A veterinária que cuidou da cachorra disponibilizou aos policiais o laudo e várias fotos do animal em tratamento, na tentativa de se reverter as infecções pela falta de alimento, porém, não conseguiu salvar a cadela.

Uma equipe da PMA deslocou-se até a residência da proprietária do animal, onde ela confirmou os fatos e informou que não tinha condições econômicas para tratar da cachorra, pois é diarista contratada pela prefeitura na limpeza urbana (gari).

A infratora (27) foi autuada administrativamente e foi multada em R$ 500. Ela também responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais, cuja pena é de três meses a um ano de detenção.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias