Terça-Feira, 17 de Julho de 2018
Polícia
16/05/2018 18:32:00
Justiça concede liberdade a fiscal, mas o proíbe de frequentar local de trabalho

Sheila Forato

Imprimir
Foto: Sheila Forato

Na tarde desta quarta-feira (14), a Justiça concedeu liberdade ao fiscal da prefeitura de Coxim, Giovando Almeida Bispo, durante audiência de custódia. Ele estava preso há dois dias no Estabelecimento Penal Masculino de Coxim, sob acusação de concussão.

Apesar de ter concedido a liberdade, a Justiça proibiu o jovem de frequentar seu local de trabalho, onde os fatos ocorreram. Ele foi preso no momento em que receberia R$ 70,00 de uma das vítimas para agilizar processo de regularização fundiária.

Bispo também não pode se ausentar da comarca sem comunicar o juízo.

A Polícia Civil já identificou algumas pessoas que teriam sido vítimas do fiscal. Para algumas ele teria emitido boletos falsos, em nome da prefeitura, para outras passou recibos assinados por ele. Ao ser ouvido, Bispo disse que cobrava essa taxa para dar entrada em procuração e custear seu combustível.

Além do processo criminal, o jovem vai responder a uma sindicância. Caso seja condenado por concussão pode pegar de dois a oito anos de prisão, além da exoneração do serviço público, o qual ele acabou de entrar por concurso.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias