Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019
Polícia
09/01/2019 10:01:00
Meninas de Coxim são ridicularizadas em vídeos intitulados “marmitinhas”

Sheila Forato

Imprimir
Foto: Reprodução

Várias meninas de Coxim, inclusive adolescentes, estão sendo ridicularizadas em vídeos que circulam nas redes sociais. Intitulados “Marmitinhas de Coxim”, os vídeos exibem fotos das meninas, extraídas em sua maioria do Facebook, com músicas ofensivas, que fazem analogia ao sexo e drogas.

Na verdade, a mensagem que o autor quer passar é que com determinadas meninas o sexo é fácil. O caso já foi parar na delegacia de Polícia Civil. Mãe de uma das meninas, ainda adolescente, contou ao Edição MS que já registrou boletim de ocorrência e a polícia está no encalço dos autores.

A informação inicial é que os vídeos tem sido produzidos por um jovem e um adolescente, sendo disparados em seguida através do whatsapp. “É uma brincadeira de péssimo gosto, que mancha as imagens dessas meninas”, advertiu uma das mães, admitindo que ficou desesperada ao assistir o conteúdo e reconhecer a foto da filha.

Esses vídeos “marmitinhas” não é uma exclusividade de Coxim. Em outras cidades de Mato Grosso do Sul já foram identificados material semelhante, sempre com o objetivo de expor e ridicularizar algumas meninas. A polícia alerta que isso é crime contra a honra, que podem gerar processos nas esferas cível e criminal.

A Polícia Civil alerta que os autores não conseguem se esconder no anonimato por muito tempo, pois as forças de segurança já tem condições de identificar os responsáveis por cybercrimes. Em Coxim a investigação já começou e a polícia já tem o nome de dois suspeitos, um jovem e outro adolescente.

O Edição MS optou em não reproduzir os vídeos por respeito às vítimas.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias