Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018
Polícia
28/03/2018 22:00:00
ROTAI fecha segunda boca de fumo do dia no bairro Senhor Divino, em Coxim

Sheila Forato

Imprimir
Foto: Divulgação

No início da noite desta quarta-feira (28), a ROTAI (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior) fechou mais uma boca de fumo em Coxim, a segunda do dia. os policiais fecharam a boca do "Titio avô", que funcionava numa residência da avenida Frei Cirino, no bairro Senhor Divino.

Com o flagrante, a ROTAI prendeu três suspeitos: Jeferson Gomes Oliveira, de 24 anos, o Cabelo, e os irmãos Josimar Alves Pereira, de 21 anos, o Nenê, e Josival Alves Pereira, de 26 anos, o Josi. O quarto suspeito, Leonardo Pereira Rocha, de 19 anos, cujo apelido de "Titio avô" dá nome à boca de fumo, conseguiu fugir pelos fundos, assim que avistou a presença da polícia.

De acordo com a ROTAI, com os Nenê e Josi foram encontradas quase 40 paradinhas de maconha e pasta base de cocaína. Eles contaram que são vizinhos de Titio avô e que constantemente iam até o endereço para fazer entrega de entorpecentes. Depois de apreender as paradinhas com os irmãos, os policiais ainda encontraram outras cinco no quarto do dono da casa.

Foto: Divulgação

Com Nenê e Josi a ROTAI apreendeu quase R$ 350,00, que seriam de vendas já efetuadas na noite. Também foram apreendidos os celulares dos irmãos, que funcionariam como disque drogas, pois, durante o trabalho da polícia não paravam de tocar. Do outro lado, usuários pedindo a entrega de entorpecentes.

Conforme os policiais, eles foram até o endereço depois de receber denúncia de que uma motocicleta furtada estaria no local. Em frente a residência estava Cabelo, que correu para dentro, onde estava Titio avô. Assim que os policiais pararam, o jovem apontado como dono da boca saiu correndo pelos fundos, pulando muros da vizinhança.

Outra boca

Durante a tarde a ROTAI fechou a boca do "Sem pescoço", na Vila Bela.Rodrigo Lucas da Silva, de 32 anos, fugiu assim que notou a presença da polícia, que flagrou um usuário deixando o local. No endereço ficou sua esposa, Valdelice Sobral Silva Mattos, de 20 anos, que acabou sendo presa. A ROTAI pede ajuda da população para localizar Titio avô e Sem pescoço.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias