Segunda-Feira, 17 de Dezembro de 2018
Política
16/05/2018 17:48:00
‘Não vou discutir com Geraldo pela imprensa’: Miglioli chega a evento com Reinaldo
Ex-secretário de Obras e deputado federal não se entendem sobre vaga

Midiamax/PCS

Imprimir

Um dia depois de ser desmentido pelo deputado federal Geraldo Resende (PSDB) sobre definição de nome tucano para disputa ao Senado, o ex-secretário de Obras do Estado, Marcelo Miglioli (PSDB) afirmou que não discutirá com o colega “pela imprensa”. A situação reacende disputa interna do partido por vaga ao Senado.

O ex-secretário falou sobre o assunto em resposta ao deputado que na tarde de ontem (15), rebateu entrevista de Miglioli. Pela manhã, o ex-secretário afirmou que era o nome escolhido pelo partido para disputar o Senado. À tardem, Resende classificou o colega como “inexperiente e sem traquejo”, por confirmar uma informação que não teria sido discutida com todos do partido.

Nesta manhã, durante evento da Caravana da Saúde, Miglioli chegou ao local no mesmo carro do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Ao Jornal Midiamax, o ex-secretário afirmou que “não vou discutir com o Geraldo pela imprensa. Eu tenho a minha fala e respondo pela minha. Não tenho nada a falar sobre a dele”, disse.

Disputa interna

A discordância entre os dois é mais um capítulo da disputa interna no PSDB para a definição dos pré-candidatos ao Senado da República. Desde o início do ano, a legenda decidiu que das duas vagas do partido, apenas uma seria para tucano, a outra, será destinada para coligação.

Na disputa, despontaram o ex-secretário Miglioli, o deputado Geraldo Resende e o secretário de Governo, Eduardo Riedel. Após uma série de negociações, Miglioli foi lançado pelo próprio governador Reinaldo, no início do mês passado, como o pré-candidato do partido ao Senado.

O que parecia unanimidade dentro do partido acabou não se confirmando. Tudo porque Geraldo Resende, que há pouco mais de 1 ano trocou o MDB pelo PSDB, não concorda com a escolha.

À reportagem, o deputado afirmou que se ao fim das negociações o nome de Miglioli se confirmar, ele segue como candidato a reeleição na Câmara dos Deputados, mas a definição, segundo ele, só deve se dar no mês de julho, após conversas com todos os integrantes da executiva do PSDB.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias