Sábado, 15 de Dezembro de 2018
Sonora
14/10/2018 09:15:00
Criança com febre de 39,1° espera 3h30 em hospital e volta para casa sem atendimento
Mãe relatou descaso em sua página, no Facebook

Luma Danielle Centurion

Imprimir
Foto: Reprodução Facebook

Na noite deste sábado (13), uma moradora de Sonora usou as redes sociais para desabafar sobre a falta de atendimento no Hospital Municipal Rachid Saldanha Derzi, em Sonora. Ela procurou ajuda médica quando o filho apresentou um quadro de febre alta, de 39,1°, ficou esperando das 18h30 às 22 horas e não foi atendida.

Em sua postagem no Facebook, a mãe diz que voltou para casa sem atendimento. A mulher ainda questiona o fato de quem tem dinheiro entrar para fazer a pré-consulta e já ficar dentro do hospital para ser atendido. “Quem sabe um dia isso muda neh”, escreveu a mãe, que marcou o prefeito Enelto Ramos Silva e sua esposa Adenir Franco na postagem.

Muitas pessoas se solidarizaram com a mãe, cujo nome vamos preservar, pois ela pode sofrer pressão para apagar a postagem, que ainda estava em sua página do Facebook na manhã deste domingo (14). Uma dessas pessoas chamou a mulher de filha e enfatizou a tristeza de saber que um direito está sendo negligenciado.

Outras pessoas relataram, também nos comentários, descasos por parte do Hospital Municipal de Sonora. Uma citou que na semana foi ao local duas vezes, com falta de ar, e teve de esperar mais de hora para ser atendida sem ter ninguém em sua frente. “E na 1ª vez que fui minha consulta não durou nem 2 mnt, dr nem na minha cara olhou, voltei pra casa do msm jeito”, escreveu.

Ainda nos comentários consta relato de uma mulher dizendo que esses dias uma idosa procurou o hospital para que aplicassem uma injeção, já comprada pela paciente, e os funcionários informaram que já tinha passado do horário, mesmo o local estando vazio. “Relataram o acontecido pro tal “prefeito” que não resolveu nada (como sempre). Sonora está cada vez mais difícil de viver”.

O Edição MS tentou falar no Hospital Rachid Saldanha Derzi, mas, ninguém atendeu a ligação.

Foto: Reprodução Facebook
COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias