Domingo, 24 de Outubro de 2021
Mundo Pet
30/10/2020 08:27:00
Cães e gatos podem contrair coronavírus, mas não desenvolvem doença

Metro/PCS

Imprimir
Gata de uma família do Mato Grosso foi o 1º caso registrado (Foto: Arquivo pessoal)

O Brasil registrou este mês o primeiro caso do novo coronavírus em animais domésticos: uma gata de Cuiabá, no Mato Grosso. No entanto, especialistas afirmam que não é necessário criar pânico sobre a possibilidade de cães e gatos transmitirem ou morrerem em decorrência da covid-19.

Conforme análise do coordenador do projeto multicêntrico de pesquisa da infecção de Sars-Cov-2 – nome cientifico do vírus – em cães e gatos, Alexander Biondo, os animais domésticos podem contrair o coronavírus, mas não desenvolvem a doença.

“Os sinais que os cães e gatos demonstram são muito brandos, inespecíficos, nada que tenha causado problemas graves. Muitos estudos ainda estão sendo feitos, mas provavelmente eles podem ser infectados pelo vírus, mas não possuem a covid-19”, afirmou o pesquisador em entrevista ao programa “Bora Brasil”, da Rádio Bandeirantes.

Biondo também explicou que os cães são mais resistentes que os gatos em relação ao vírus.

Primeiro caso

Na última segunda-feira, uma gata de estimação de uma família em Cuiabá, no Matogrosso, teve resultado positivo para o coronavírus divulgado. Ela não apresentou sintomas e seguiu em isolamento.

O teste no animal foi feito após um casal e o filho, que são seus donos, serem diagnosticados com a covid-19.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias