Quinta-Feira, 20 de Junho de 2024
Mundo
27/10/2023 07:24:00
Mais de mil gatos salvos de serem abatidos e vendidos como carne de porco
A ação ocorreu após uma denúncia feita por ativistas pelo bem-estar animal

NM/PCS

Imprimir
Foto: © Shutterstock

As autoridades chinesas resgataram mais de mil gatos que seriam abatidos e vendidos como carne de porco em Zhangjiagang, na China, em 12 de outubro.

A ação ocorreu após uma denúncia de ativistas do bem-estar animal, que encontraram os gatos presos em caixas de madeira em um cemitério. Quando os gatos foram transferidos para uma van, as autoridades conseguiram interceptá-la.

Os gatos seriam vendidos como espetinhos e salsichas de porco. Se a operação não tivesse sido realizada, os animais poderiam ter rendido aos vendedores até 20.500 dólares.

"A carne de gato é vendida a 4,5 yuan o quilo, mas o carneiro no mercado custa 30 yuans o quilo. Um gato pesa sete ou oito quilos e, depois de processado, pesa cerca de quatro ou cinco, e fingem ser [carne de] carneiro e porco. A diferença é o lucro - desde que consigam um gato, têm lucro", disse um ativista em entrevista ao jornal The Paper.

Os gatos foram levados para um abrigo, onde estão recebendo cuidados.

COMENTÁRIO(S)
Últimas notícias